Monstro sádico que escraviza pessoas, Raúl Castro critica muro de Trump

3
139

O ditador de Cuba, Raúl Castro, lançou uma narrativa para criticar as políticas imigratória e comercial, entre outras de Donald Trump, no domingo, no momento em que o novo governo dos EUA estuda retirar o apoio que Barack Obama deu ao barbarismo castrista.

O tirano disse que a política comercial de Trump era “egoísta”. Seu plano de construir um muro ao longo da fronteira com o México foi definido como “irracional”. As informações são do Extra.

Antes de assumir, Trump ameaçou acabar com a reaproximação entre os dois países a menos que um “acordo melhor” pudesse ser obtido, sem dar detalhes. No mês passado a Casa Branca disse estar no meio de uma “revisão completa de todas as políticas dos EUA para Cuba”.

Raúl disse em seu discurso: “A nova agenda do governo dos EUA ameaça desencadear uma política comercial extrema e egoísta que irá afetar a competitividade de nosso comércio exterior; violar acordos ambientais… caçar e deportar imigrantes”.

O psicopata contou uma historinha na qual a imigração se deveria à desigualdade e à pobreza crescentes causadas por “um sistema econômico internacional injusto” e que um muro na fronteira mexicana é, consequentemente, “irracional” e voltado a todos os latino-americanos, e não só aos mexicanos.

“Você não consegue conter a pobreza, catástrofes e migrantes com muros, mas com cooperação, compreensão e paz”, disse.

Falou o sujeito que mantém médicos escravos, vários dos quais ainda estão no Brasil, sendo obrigados a trabalhar sem poderem efetuar a mudança definitivamente para cá. Não podem fazer isso pois suas famílias seguem como reféns em Cuba.

Quem criou um sistema de escravidão em Cuba foram os irmãos Castro. Ele não tem moral para atribuir culpa alguma aos demais países. Junto com seu irmão, também um monstro psicopata, Raúl Castro destruiu aquela nação por sua única e exclusiva escolha.

O muro de Trump não tira a liberdade de ninguém. Apenas controla as fronteiras de um país democrático. Já as políticas castristas fazem toda uma população viver como escravos.

O fato é que se Raúl Castro não gosta do muro, é mais um motivo para apoiar Trump nesse sentido.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Trata-se de um assassino. Nessa foto ridícula em que aparece travestido com uniforme militar fake, o facínora ostenta barretas de desonras vergonhosas. Cada estrela um cemitério de crimes covardes; cada medalha, um oceano de podridão

Deixe uma resposta