Atitude de Aécio mostra que o "beija mão" dado por Chico Alencar foi até pouco

1
107

O fato de Chico Alencar ter beijado a mão de Aécio na festa de 50 anos de carreira do jornalista Noblat segue repercutindo. Conforme diz matéria d’O Globo, “já era madrugada desta terça-feira quando o ex-petista e agora deputado do PSOL, Chico Alencar (RJ), acabou na mesa do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves(MG). Ao final de uma conversa tranquila, os dois se abraçaram e Chico beijou a mão de Aécio dizendo: você é do bem!”

Mas o que significa, para Chico, ter dito que Aécio “é do bem”? Significa, antes de tudo, que Aécio é o adversário preferido para a extrema-esquerda. Sua derrota em 2014 para Dilma Rousseff não pode ser perdoada em termos políticos. Ele só não venceu aquela eleição porque foi frouxo politicamente. Nota-se que ele só tem uma função: perder combates fáceis.

É por isso, talvez, que Aécio está tão irritadinho com a possibilidade de um candidato competitivo surgir no lugar dele. Aécio afirmou: “Haverá espaço para uma saída política? Ou vamos considerar que todo mundo é bandido e abrir espaço para um aventureiro salvador da pátria ? A solução é na política, tudo que foi construído para salvar a política vamos deixar que se perca numa briga insana? Botando todo mundo junto no mesmo barco?”.

De novo um discurso baseado em frouxidão política. A tática de jogar a lama no ventilador é do PT, que, após ter sido pego coordenando o maior esquema de corrupção do mundo, depende agora de convencer o público de que “todos são igualmente corruptos”. Qualquer criança percebe a tática. Enquanto isso, Aécio escolhe viver no mundo da fantasia, ignorando a intensidade do real combate.

A extrema-esquerda, aliás, deveria não é beijar a mão, mas erguer um pedestal em agradecimento por tanta frouxidão.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta