Comediante esquerdista dos EUA tripudia sobre doente de câncer e toma invertida. Mídia esconde o caso.

2
68

Se já não fosse necessário dar exemplos da extrema maldade da esquerda, agora vemos mais um caso revoltante.

A comediante Samantha Bee, do programa Full Frontal (transmitido pela TBS), resolveu utilizar de novo a carta de associar Donald Trump a nazistas. Para tal, ela coletou imagens do CPAC (Conservative Political Action Conference) e citou pessoas com estilo de cabelo definido como “estilo nazi”.

O problema é que uma das imagens era do estudante Kyle Coddington, que possui tumor cerebral em quarto estágio. Há uma página no GoFundMe para levantar doações para o jovem.

A repercussão da baixaria de Samantha foi tamanha que ela lançou um pedido de desculpas e retirou o vídeo do ar, mas a Internet não deixa nada ser esquecido. Assista-o:

O que é mais revoltante de tudo é como a grande mídia está escondendo esse caso. Você ouviu algo a respeito na Globo? No Estadão? Na Folha? Nada. Escondem tudo com uma habilidade impressionante.

A comentarista conservadora Tomi Lahren comentou: “Você não acha que se fosse um apresentador conservador, ou mesmo um comediante conservador, não veríamos a esquerda pedindo seu afastamento ou até mesmo sua demissão?”.

Não há legendas em português para o segmento no qual Tomi comenta o caso:

Anúncios

2 COMMENTS

  1. “Escondem tudo com uma habilidade impressionante.”

    Na verdade é tão fácil pra eles, se não tem como criar uma narrativa esquerdista é só fingir que não existe. Tai a agenda do anti-racismo em uma unica sentença.

Deixe uma resposta