BBC Brasil dá justificativa ridícula para não usar a expressão "terrorismo" ao falar do atentado em Londres

4
204

A BBC Brasil mais uma vez mostrou seu jornalismo lixo. Como parte da indústria de fake news, eles fizeram uma matéria na qual se recusaram a dizer que o atentado de Londres era terrorista. Usavam até o termo “atacante”, de forma proposital para tentar confundir com a simbologia dos jogadores de futebol que fazem gols.

Um leitor se indignou: “Terrorismo não quer dizer que seja motivação religiosa. Óbvio que é terrorismo”.

Mas a BBC Brasil teve o desplante de dizer que não concorda.

Veja a resposta nojenta que eles deram:

54e9196c-95dc-46fc-98d5-7df9e7add87c (1)

 

Abaixo, veja o vídeo que originou o questionamento do leitor:

A grande mídia acabou. Não merece mais nenhuma confiança…

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Terrorismo é crime e quem defende terrorista é psicopata, ponto.
    O mais impressionante é que eles não se mancam de que a gente não tolera mais essa puxação de saco de terrorista.

  2. Ceticismo… porque vc publicou e tirou do ar matéria que denunciava (corretamente) que a mídia escondia o nome do terrorista de Londres, Abu Izzadeen? Independentemente de motivação religiosa, claro…
    porque com esse nominho lindo aí, o desgraçado não deve ser mesmo muçulmano islâmico.

  3. Só fico na dúvida se estes jornalistas são ignorantes ou mal intencionados. Sobre o terrorismo é muito claro. Terrorismo são todas as acções indiscriminadas com o objectivo de provocar terror. Se a intenção fosse um contra ataque os alvos seriam os representantes do povo e não o povo.

Deixe uma resposta