O que interessa ao socialista é a percentagem da verba estatal

0
122

No filme “O Nono Portal” (de Roman Polanski), Johnny Depp interpreta Dean Corso, um picareta que negocia livros raros.

Ele é contratado por Boris Balkan (Frank Languella) para encontrar um livro que teria sido escrito pelo Demônio. A partir daí, várias pessoas começam a morrer. Seja lá como for, vale a pena ver o filme, pelo menos em razão da ótima fotografia e da trilha sonora.

Em um momento, Balkan pergunta a Corso: “Você acredita no sobrenatural?”. Corso responde: “Eu acredito na minha percentagem”.

É mais ou menos assim que se avalia o socialismo. Imagine alguém perguntando para o socialista: “Você acredita na sociedade sem classes?”. Se o socialista estivesse dopado com a pílula da verdade, diria: “Eu acredito na minha porcentagem da verba estatal”.

Ah, mas e aqueles que acreditam “de verdade” nas promessas do socialismo? Esses são os funcionais e só contam como massa de manobra. Os socialistas espertos e mais hábeis são os que vivem como Dean Corso.

A cena está abaixo, aos 6:30:

Anúncios

Deixe uma resposta