Paciente que faz quimioterapia fala em "nojo" após votação de lei fascista anti-Uber. Temer pode reverter…

4
141

Julia Maria escreveu, na caixa de comentários do Ceticismo Político, a respeito da lei que arrumou brechas para a proibição do Uber:

Faço químio, tenho muitos efeitos colaterais, tenho dificuldade de locomoção e uso o UBER com frequência pra ir a a todos lugares que preciso pois sai bem mais em conta do que os táxis . É um absurdo esses deputados votarem contra o UBER . Não temos mais o direito de escolher um meio de transporte mais acessível . Dá nojo esse Brasil. Tudo que é para nos beneficiar eles querem tirar. Nojo, nojo, nojo.

Julia, você tem toda a solidariedade deste blog.

Muitos não gostam que abordemos o lado humano das legislações, mas precisamos fazer isso, pois legislações tem a ver principalmente com impactos sobre os seres humanos.

Infelizmente, muitos olham apenas para o lado técnico de legislações monstruosas como essa, esquecendo-se que seres humanos são impactados.

Temer deve ser pressionado fortemente a vetar essa maldição.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Mesmo pq a legislação as leis a constituição são feitas para mediar auxiliar punir o que , os edifícios ou o inerte , lugarzinho pequeno teima em caminhar contra as inovações a tecnologia, a ciência , espera o que de um lugar que nem esgoto tem , logo logo vao defecar na rua como na Índia ,

  2. A falta de uma direita combativa é mais nojenta do que a lei esdrúxula criada pela esquerda united (basta ver a votação e verás que a totalidade dos partidos PSOL, PT e PCdoB votaram contra o Uber).
    As últimas manifestações micaram porque, conforme mencionado neste site, faltou um foco definido, faltou o alvo fácil e certeiro, como foi o impeachment.
    Agora, o alvo está aí. Um protesto contra a lei do Uber com certeza movimentaria um contingente muito maior de pessoas se fosse bem organizado, deixando explícito que, mais do que uma obstáculo para o Uber, essa lei é a personificação do que é o Estado para o brasileiro:
    Um Estado que apenas cria barreiras para o exercício de uma profissão. Um Estado que legisla para minorias (taxistas vs. população que usa do Uber). Um Estado protecionista que tem aversão ao livre concorrência (ao invês dos táxis melhorarem o serviço para serem mais atraentes, a solução é prejudicar o serviço dos outros). Um Estado que tem uma série de corruptos e adoradores de ditaduras legislando contra a população. Um Estado que é incapaz de fornecer escolas e saúde decentes, mas que é muito eficiente para meter o bedelho em matéria de criar dificuldades para vender facilidades.
    Um protesto contra o Uber só teria a ganhar pois, além dos taxistas, dificilmente alguém seria contra o aplicativo. Segundo, seria uma baita alerta para os parlamentares de que a população está atenta e irá combater legisladores de causa própria, o que é fundamental em um momento em que votações importantes estão para ocorrer como previdência, foro privilegiado e abuso de autoridade.
    Cadê a direita para capitalizar este momento?

  3. As pessoas estão equivocadas, nós precisamos melhorar o estado, e não criar poderes paralelos!!! Povo é inocente achando que uma empresa que oferece serviços mais “barato” às custas de sonegação de impostos exploração de mão de obra sem qualificação, colocando em risco a vida das pessoas, se aproveitando do momento de crise econômica, maquiando e manipulando tudo isso através das fortunas gasta em mídias, sem falar no lobby no judiciário pra funcionar através de liminares, acham mesmo que está empresa quer o melhor para as pessoas! Oq eles querem é autonomia!!! no futuro eles cobram oq quiserem tanto dos motoristas qto dos usuários, uma regulamentação põe um equilíbrio entre os modais de transporte,dá segurança pro usuário e tudo com a fiscalização e controle do estado.Quem é contra isso? ou é desinformado ou pensa como políticos corruptos, empresas que fazem cartel, sonegam e super faturam obras, pessoas do judiciário que c vendem, enfim só pensam em si!!! em oq está ganhando!!!, não pensam no que é certo, justo e legal!!! Viva a corrupção, sonegação, exploração, viva Uber.

Deixe uma resposta