FHC é cínico ao fingir que há diálogo com PT

6
80

O pior tipo de depravação moral vem daquele aliado (temporário ou não) que se vende a nosso inimigo fundamental. Deste último, esperamos apenas oportunidades para combatê-lo. Já por parte daquele prestes a abrir a porta para um inimigo, receberemos traição, diante da qual geralmente estamos pouco precavidos.

Fernando Henrique Cardoso tem sido chamado pela direita true como o líder dos socialistas fabianos e até como o chefe de todo o esquemão de poder totalitário do PT. Alguns discordam dessa tese, mas depois das mais recentes declarações do tucano em relação ao partido totalitário, fica difícil defendê-lo.

Segundo FHC, o PT é culpado pela atual “polarização política radicalizada no país”, a qual teria começado quando os petistas “inventaram”, por razões eleitoreiras, que o PSDB era o “inimigo principal”. Daí FHC fingiu ressentimento, mas pregou a retomada do “diálogo”, chamando os brasileiros de palhaços.

“O diálogo se perdeu quando o PT inventou que o PSDB era o inimigo principal. Uma vez, eu ouvi uma declaração do José Dirceu, coitado, está na cadeia hoje, lamento, perguntando por que eu não ia cuidar dos netos. Uma coisa grosseira, está velho, vai embora. Eu me dava com eles. A briga foi eleitoreira”, disse.

Ele prossegue: “Isso foi levando cada um desses dois partidos a buscar apoio onde fosse possível. Deu no que deu, uma tragédia nacional. Houve contaminação de um
partido que veio com uma proposta renovadora (PT) pelas práticas tradicionais e exagerou nelas. Chegou em uma corrupção institucionalizada”.

Por fim, ele diz: “Democracia exige certo grau de aceitação um do outro. Acho que só vamos sair de onde estamos, se criarmos de novo um ambiente que permita um jogo de divergências e não de ódio”.

Parou por aí…

Não dá para tolerar isso. Chamar os petistas para o diálogo é ofender o povo brasileiro.

FHC decerto faz parte da ala masoquista dos tucanos e, agora sim, age como um traidor. Se ele quer “diálogo” com um partido que tem como único objetivo nos ver escravizados e vivendo como os venezuelanos da atualidade, então devemos rejeitá-lo como pessoa.

Na verdade, o que acontece é o seguinte: o PT precisa de tucanos que gostem de apanhar, uma vez que o partido totalitário gosta de bater. FHC é a figura ideal para tentar juntar alguns tucanos masoquistas para tentar devolver o poder ao PT, já que os tucanos ligados a Doria não gostam nem um pouquinho de apanhar.

O que podemos fazer é usar os diálogos desses tucanos de FHC com o PT contra eles. Isso não deve ser difícil, pois já que os petistas bateram tanto em tucanos masoquistas da linhagem FHC, podemos constrangê-los por conversar com aqueles nos quais desceram o relho sem dó. Já em relação aos tucanos de FHC que forem “dialogar” com o PT, basta expô-los como a pior escória moral da face da Terra.

Os petistas tem uma vantagem moral sobre esses tucanos ligados a FHC: eles lutam pelo poder que os beneficiará. Já FHC e a ala dos tucanos masoquistas que o seguem lutam para beneficiarem apenas os nossos inimigos. Em resumo, o masoquismo político de FHC e seus amiguinhos que querem “dialogar” com o PT os coloca como nossos inimigos também.

Anúncios

6 COMMENTS

  1. Nada de novo. O FHC é o legítimo Kerensky tupiniquim. Um canalha incapaz de ver o quanto colaborou e colabora para o desastre do país.

  2. Não apoio PT , nem Lula. Mas acho que vocês deveriam aprender a aceitar opiniões alheias, o que o FHC acha , é problema dele, ele não tem cargo nenhum.
    Bastante totalitário os termos que vocês usam.

Deixe uma resposta