Vídeo de falso pacifismo de FHC bate recorde de cinismo e demagogia

10
166

Existe uma diferença entre pacificação e falsa pacificação. A primeira busca realmente levar a mais paz enquanto a segunda tem por objetivo ajudar um dos lados no conflito a promover ainda mais violência. Por exemplo, quando o fascismo cultural exige que os europeus se rebaixem ao radicalismo islâmico, isso promove mais violência contra o Ocidente. É um caso de falso pacifismo.

FHC aplicou um dos jogos mais repugnantes de falso pacifismo ao divulgar nesta terça um vídeo em suas redes sociais pedindo para que se interrompa a “polarização entre nós e eles”.

Ele diz: “Veja no que deu essa tentativa no Brasil de jogar ‘nós contra eles’. Isso veio principalmente do pessoal do PT mas agora se generalizou”, diz. “Acho que chegou o momento no Brasil que nós precisamos, não é fazer um acordão de cúpula, mas serenar os ânimos e ver o que é que interessa a todos como um conjunto, como um país, um povo”.

Em síntese, o que ele está dizendo é que enquanto só o PT batia, tudo estava lindo e maravilhoso para ele. Líder de uma tropa de masoquistas, que pareciam nutrir uma espécie de prazer bizarro enquanto eram desconstruídos e esmagados por petistas, ele parece se incomodar apenas quando um dos lados disse que não ia mais apanhar sozinho. Foi aí, somente aí, que ele se posicionou para dizer “agora parem”.

Não dá para alguém descer mais baixo do que FHC.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Que vídeo mais nojento! Um velhaco de voz pastosa e olhar cínico posando de octogenário impoluto; de isentão desinteressado de questiúnculas políticas; de reserva moral do país pronto para entrar em ação em benefício do povo sofrido! Tudo ali é falso : a indignação ensaiada; a pauta do consenso; o interesse maior a ser preservado; o apelo aos valores éticos. A empulhação é tamanha, que de repente todo véu de credibilidade se vai de uma vez e o canalha se revela inteiro na mentira mais sórdida. Chegamos até mesmo a ouví-lo dizendo o que tentava esconder : “não se trata de um acordão de cúpula, mas de se chegar a um acordão de cúpula”. Diante de tamanho barbarismo só podemos mesmo homenagear o douto falante evocando o não menos douto Antero de Quental : “A futilidade num velho desgosta-me tanto como a gravidade numa criança. V. Exa precisa menos cinquenta anos de idade, ou então mais cinquenta de reflexão. Nem admirador nem respeitador. Antero de Quental” Vontade de vomitar!

  2. Aquele blefe de jogador que, ao perceber que adversário começa a dominar o jogo, pede para parar dizendo que o empate é melhor para ambos.

  3. Tudo para defender o Lula, perto do julgamento pelo Moro. Foi o FHC o responsável pela tragédia do Brasil. Foi ele quem levou o Lula ao poder traindo o José Serra na eleição de 2002. Foi o FHC que salvou o Lula quando estourou o mensalão. Antes do impeachment da Dilma, tentou defender o Lula e o PT até que foi atropelado pelas toneladas de provas da Lavajato. Além dessa declaração nojenta, ultimamente, o FHC só fala de liberação de drogas.
    O FHC é uma vergonha para o Brasil. Merecidamente sua biografia vai para a lata do lixo da história.

  4. Para alguém que sabe que os frames são importantes, acredito que você continua cometendo o erro de chamar o islamismo de “radical”. Não existe radicalismo islâmico, é a mesma coisa que chamar de “socialismo real”. Assim, implica-se que existe uma versão “boa” do islã, quando o que se vê em atos terroristas, é a sua forma pura. Sugiro você usar outros termos, como “religião do ódio” ou o que achar melhor. Abs

  5. Para que não restem dúvidas, evoco o Dicionário Oxford de Filosofia: “um PARADOXO surge, quando um conjunto de premissas aparentemente inquestionáveis origina conclusões inaceitáveis ou CONTRADITÓRIAS.”

    Diante disso, ou o FHC conhece o PARADOXO da TOLERÂNCIA e o ignora, por puro CINISMO, como diz você, Luciano, ou não o conhece; e isso revelará a sua suposta intelectualidade como uma IMPOSTURA

    Eis o PARADOXO: “a tolerância total atenta contra a própria tolerância; pois os INtolerantes DESTRUIRÃO todos os TOlerantes e, daí, NÃO haverá mais TOLERÂNCIA alguma.

    Partidos como PT, PSOL, PCdoB e outros menos “votados” são constituídos única e exclusivamente por INTOLERANTES, por princípio e conveniência, na busca pelo Poder absoluto.

    Portanto, só há uma saída para os TOLERANTES se DEFENDEREM deles: MÁXIMA INTOLERÂNCIA contra esse tipo de INTOLERANTES, na DEFESA de TODOS os demais TOLERANTES!!!!!!!!!

  6. Eu não sei se no mundo todo é assim mas no Brasil como vemos nesse vídeo até o mais ”moderado” da esquerda solta essas ”papagaiatas”… No Brasil a esquerda não é uma ideologia, é uma doença, é um verdadeiro câncer cerebral.

Deixe uma resposta