Lula adota estilo Pablo Escobar: “A cada acusação, fico com mais disposição de brigar”

2
183

Lula foi moralmente esmagado pela delação da Odebrecht. Porém, ele disse, em entrevista à rádio Metrópole, da Bahia, nesta quinta-feira (13), que está com ainda mais disposição para lutar contra as acusações feitas contra ele.

Ele comentou sobre o depoimento que dará em 3 de maio a Sérgio Moro: “Eles já estão com a tese pronta e querem apenas encontrar um conteúdo para colocar dentro. Estou muito tranquilo. Dia 3 vai ser uma grande oportunidade para eu ouvir as perguntas e questionamentos do qual sou vítima e para responder a verdade”.

Sobre a montanha de acusações, ele disse: “Cada acusação dessa mexe com meu brio, minha honra e eu fico com mais disposição de brigar. Não nasci para parar no meio do caminho. Tenho consciência do que fiz nesse país, dos benefícios e fico triste de ver esse país afundando, o povo sofrendo sem emprego e ainda querem destruir a aposentadoria”.

Essas frases são similares àquelas proferidas pelo traficante Pablo Escobar, que, à cada acusação feita pela autoridades, ficava com mais disposição para brigar. A certo momento, ele explodiu até um avião, matando uma centena de pessoas.

Embora não estejamos dizendo que Lula matará diretamente alguém, a lógica adotada pelo ex-presidente não difere daquela adotada pelo chefão do tráfico colombiano. Para Lula, tudo que estiver em seu caminho deve ser destruído, sem qualquer avaliação moralmente lógica que sustente seus atos. É, no mínimo, um psicopata.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Tenham dó! Comparar esse lixo ao Escobar é brincadeira, pelo menos o Escobar resolvia as coisas dele na porrada e morreu trocando tiros, já o fim do lula vai ser se borrando numa cela, a as armas desse lixo são apenas a sua língua grande de fofoqueira e tudo que corra algum risco de ser pego ele manda um amigo que depois, se der errasdo, ele nem nunca viu esse amigo na vida nem mais gordo

  2. Por isso que eu acho que Moro está fazendo uma jogada pra cima do Lula: se prender o Lula por último, não haverá benefício de delação premiada (já que delação premiada só é possível se trouxer fato novo para as investigações).

Deixe uma resposta