Jornalista feministo é ridicularizado por mulheres após fazer vitimismo sobre declaração de Felipe Melo

3
202

Como a imprensa tem divulgado, o volante Felipe Melo, do Palmeiras, afirmou que foi chamado de “macaco” durante a partida contra o Peñarol, nesta quarta-feira, na arena, pela Taça Libertadores. As informações são do Globo.

O palmeirense acusou o atacante Gastón Rodríguez, autor do segundo gol do time uruguaio, como autor da ofensa. A partida terminou 3 a 2 para o Palmeiras.

Ele comentou: “O cara que entrou (no segundo tempo) e fez o (segundo) gol deles estava me chamando de macaco durante muito tempo. Macaco pra lá, macaco pra cá. Sou preto mesmo. Ele deve ter algum problema. A mulher dele já deve ter traído ele com algum negão. Não sei o nome dele. Mas é um moreno escuro. Na época da escravidão, teria tomado chibatada igual a mim”, afirmou o palmeirense.

Foi daí que apareceu o jornalista Breiller Pires querendo jogar o jogo da “sinalização de virtude” (virtue signaling), querendo falar em nome de mulheres, e dizer que a declaração de Felipe Melo era machista.

Vejam a cacetada que ele tomou:

breiller

Anúncios

3 COMMENTS

Deixe uma resposta