Le Pen: O Papa "pede que os países fiquem contra seu povo" ao requerer fronteiras abertas

2
170

O Papa vive no Vaticano, cercado por um belíssimo muro. Ainda assim, gasta boa parte de seu tempo aporrinhando aqueles que querem que as nações ocidentais protejam suas fronteiras.

A candidata à presidência da França, Marine Le Pen, perdeu a paciência com o Papa, dizendo que ele está exigindo que os estados desprezem seus cidadãos.

Ela disse que o Papa está pedindo “que estados fiquem contra os interesses de seu próprio quando este não admite condições para aceitar um número significativo de imigrantes”.

Ela lembrou que, com isso, o Sumo Santíficie chega a violar a soberania nacional da França: “Para mim, isto entra no limite da política e até mesmo da interferência, já que ele é um chefe de estado”.

Vale lembrar que o Vaticano é um estado soberano e possui uma das mais rígidas leis de imigração e cidadania do mundo. Ou seja, o Papa não tem moral alguma para dizer o que os outros tem que fazer quanto à imigração.

Ela ainda lembrou que é religiosa, mas isso não faz com que ela tenha que aceitar tudo que o Papa diz. As informações são do Breitbart.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. “Ela ainda lembrou que é religiosa, mas isso não faz com que ela tenha que aceitar tudo que o Papa diz.”

    Quem é que não sabe disso?!

    Somente católicos bisonhos e anti-católicos mal intencionados acham que o Papa é infalível em tudo.

Deixe uma resposta