Dia 3 de maio é o dia de garantir que a vida de Sérgio Moro seja protegida

2
197

Alguns petistas estão dizendo que farão de tudo contra Sérgio Moro no dia 3 de maio, quando Lula irá depor ao juiz. Movimentos democráticos garantem que farão frente às milícias ligadas ao ex-presidente.

Como lembra o JornaLivre: “O MST tentou fazer uma ‘missão precursora’ de recepção a Lula, ocupando uma rua em Curitiba. Os sem-terra acabaram batendo em retirada depois que um movimento anti-corrupção, o Mais Brasil Eu Acredito, protocolou na Presidência da República um pedido de intervenção da Força Nacional em Curitiba”.

Enquanto isso, a PM do Paraná prepara a maior operação já vista, que vai começar no Aeroporto Afonso Pena e terminará na desativada prisão do Ahú. Os quartéis estarão fechados e os PMs vão para nas ruas.

Contingentes do interior serão deslocados para a capital. O entorno da Avenida Garibaldi estará protegido. As milícias pró-PT ficarão à esquerda do tribunal. Os que estão de lado de ficarão à direita (o que combina bem), divididos por soldados.

O que importa é que já está sendo criado um clima muito positivo, por parte da direita, de que ninguém conseguirá atentar contra a vida do juiz Sérgio Moro no dia 3 de maio. Esse é o dia em que o terror não pode vencer a Justiça.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Tenho Fé em Deus ,na inteligencia dos que estão planejando a SEGURANÇA para o povo e a equipe do Dr MORO,principalmente para ele, é que o alvo de vingança desta corja;AVANTE !! Tenho certeza que vamos vencer !!!! e o Sr,Dr Moro vai ser lembrado nos livros de historia do país como nosso HERÒI..Nao se intimide….Deus está no comando desta situação….!!

  2. MEUS AMIGOS, CACHORRO QUE LATE NÃO MORDE. ESTA CORJA PETISTA É UM BANDO DE COVARDE. KD O CHEFE DO MST QUE FALOU INCENDIAR O PAÍS SE A DILMA FOSSE DEPOSTA. QUANDO O EXÉRCITO SE PRONUNCIOU CONTRA , ELE FOI PRA VENEZUELA E DE LÁ FICOU DIZENDO QUE A VENEZUELA IRIA INVADIR O BRASIL EM APOIO A DILMA.
    NADA ACONTECEU. HOJE O POVO DA VENEZUELA TÁ INVADINDO O BRASIL PRA FUGIR DAS ATROCIDADES DO GOVERNO MADURO.

Deixe uma resposta