Hoje o Brasil aprendeu na prática o que é o mais puro fascismo: é aquele praticado pelo PT e suas milícias

3
108

Uma lição básica a se aprender sobre a extrema-esquerda é que a essência da narrativa deles é acusar os outros daquilo que eles fazem ou pretendem fazer. Assim, sempre saíram dizendo que os outros eram fascistas principalmente para poder implementar o mais puro tipo de fascismo que há.

Michael Mann escreveu “Fascistas”, provavelmente um dos melhores livros como o assunto. Ele define cinco elementos básicos do fascismo, que são:

  • Nacionalismo: ou seja, uso do discurso “o petróleo é brasileiro” para fins de aparelhamento estatal (embora existam outras formas de nacionalismo, inclusive de direita)
  • Estatismo: tente vender uma estatal para ver como os petistas e seus sicários reagem
  • Transcendência: ou seja, vender ao público “projetos” que não aceitem a se adequar a valores morais e às leis
  • Expurgos: eliminação de inimigos por qualquer meio necessário
  • Paramilitarismo: uso de milícias para implementar os projetos de poder

Podemos dizer até que algumas pessoas de direita incorporam um ou outro elemento do fascismo, principalmente o nacionalismo. Mas fascismo “puro” só na extrema-esquerda. Aliás, o fascismo surgiu de Benito Mussolini tendo por inspiração principal o marxista Georges Sorel, que escreveu “Reflexões sobre a violência”, obra que ensinou o uso da violência para os sindicatos.

As manifestações de 28/4 foram um fracasso em termos de aderência, mas, também por causa disso, foram “compensadas” por vários elementos do fascismo mais aterrorizante. As milícias agrediram pessoas em aeroportos, fecharam vias, atacaram ciclistas e tentaram até descarrilar um trem. Em nome do estatismo, da subversão dos valores, do expurgo de inimigos e do uso de milícias, tocaram o terror.

Deram aos brasileiros uma aula de como agir de forma fascista. Hoje não vimos nas milícias do PT algo próximo a “fascismo” light. Foi o fascismo mais puro que pode ser praticado. Se você rejeita toda essa prática das milícias pró-PT de hoje, você rejeita o fascismo.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Isso deveria ser melhor divulgado. Para cada grito de “fascista” da esquerda, devia vir um meme da capa do livro com os dizeres: Nacionalismo, Estatismo, Transcendência e Paramilitarismo. Quem é mesmo o fascista?

Deixe uma resposta