Temer e Exército se acovardaram e deixaram milícias pró-PT baterem em cidadãos no Santos Dumont

7
128

Covardes precisam ser expostos para serem constrangidos a abandonarem sua covardia. É só desta maneira que podemos lidar com os covardes. Caso contrário, eles se sentirão motivados a deixar sua covardia destruir as pessoas que deles dependem.

Seja lá como for, todo mundo sabia que as milícias pró-PT iriam atacar cidadãos indefesos nesta sexta (28). Não estamos falando de “novidade” ou de uma surpresa. As ameaças de violência estavam por todos os cantos.

O mínimo que se esperava de Michel Temer é que acionasse o Exército para garantir a segurança dos cidadãos. E o mínimo que se esperava dos generais era que se colocassem à disposição para salvar o povo da violência, o que automaticamente lançaria pressão sobre Temer para acionar o Exército.

Como nem um nem outro se dispôs a honrar as cuecas que vestem, o resultado está na violência praticada CUT contra cidadãos que queriam embarcar em seus vôos no Aeroporto Santos Dumont, no Rio. Clique aqui para ver as imagens.

Essas pessoas agora podem dizer: foram agredidas porque um governo se acovardou para petista e os deixou serem agredidos. Um governo que não protege seus cidadãos de uma violência já antecipada – lembre-se, não falamos de novidade, o que atenuaria a situação do governo – desrespeita seus cidadãos.

A solução é esfregar cada ato de violência praticado hoje e exigir, de Temer: “vai continuar deixando isso acontecer?”.

De novo, não há outra maneira de fazer um covarde se mexer senão constrange-lo por sua covardia.

Anúncios

7 COMMENTS

  1. Se ele colocasse o exército nas ruas ou nos aeroportos a esquerda a esquerda usaria isso. Sei que as imagens revoltam e eu mesmo gostaria de estar ali e dar umas boas porradas nesses vagabundos, mas tudo isso é bom para que a população que ainda tinha dúvida do real caráter da CUT e do PT acordem. Isso se voltará contra a esquerda e principalmente contra o PT.

  2. Se o transporte coletivo estivesse funcionando sem ameaças, haveria tanta paralisação?
    Os sindicatos, ameaçados de perder a arrecadação fácil e obrigatória, nos aterrorizam e obrigam todos a parar.

    Parecem bandidos que exigem PEDÁGIO para transitar em algumas áreas.
    Lembram flanelinhas que cobram para que possarmos estacionar na via pública.
    O direito de ir e vir foi ferido.

    Com tanta ameaça espero que não voltem os JUSTIÇAMENTOS.
    Ou a proibição de VOTAR.

    Se esses covardes forem vitoriosos …
    Vão permitir que eu continue torcedor do FORTALEZA?
    Que eu continue devoto de Santa Teresinha?
    Que eu leia Ceticismo Político e seus comentaristas?

  3. Acho q esses manifestantes com tanta violência perderam o respeito da maioria dos trabalhadores q simplesmente queriam trabalhar e foram impedidos.Levados seu direito de ir e vir direito constitucional.

  4. Os deputados e senadores correram para viajar ontem, pois sabiam da baderna de hoje e escaparam rapidinho de passarem sufoco, mas seria ótimo que estivessem no aeroporto. Assim entenderiam o que os trabalhadores passaram com estes vândalos. Temer tinha que ter se organizado com mais segurança para que isto não ocorresse. Bateram com pedaços de paus, agrediram as pessoas que não quiseram aderir à greve, fizeram barricadas nas estradas e provocaram até mortes. Eles não são cidadãos como nós? Não têm que responder pelos seus atos de vandalismo? Então está na hora dos deputados e senadores fazerem uma mudança naquela lei em que a Dilma deu aos MST o direito de não serem considerados terroristas mesmo que cometessem tais atos. É nesta lei que eles estão garantindo sua impunidade. Vamos começar a fazer abaixo assinados para mudar aquela lei.

Deixe uma resposta