Farage apoia Le Pen e diz que ela não ganhar agora, “vence em 2022”

2
96

O arquiteto do Brexit, Nigel Farage, deu apoio oficial à candidata de centro-direita na eleição francesa, Marine LePen.

A coisa não está fácil, e o candidato da esquerda globalista Emmanuel Macron é o franco favorito. Farage disse: “Eu apoio Marine LePen, e se ela não vencer este ano, irá vencer em 2022”.

Essas palavras foram ditas em um editorial para o Daily Telegraph, que lembrou que se a França não está pronta para abraçar o nacionalismo no interesse da auto-preservação, isso ocorrerá após mais cinco anos de saqueamento globalista e fronteiras abertas.

Farage também desbancou o mito de que LePen é uma candidata de “extrema-direita”, o que no fundo é apenas uma narrativas criada pela esquerda totalitária.

“Não há nada que ela tenha dito em toda essa campanha eleitoral que seja pouco razoável ou extremo”, disse Farage. “Na verdade, ela possui uma visão mais racional sobre o Islã do que muitos partidos eurocéticos pelo continente”.

“Ela é uma eurocética sincera, e sob sua liderança a Frente Nacional está focada em soberania, e não em questões raciais”.

As informações são do InfoWars.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. A cada reportagem sobre a eleição francesa, a Globo repetia 3 ou 4 vezes que a candidata Le Pen era de extrema-direita. Acho que a própria Globo, os seus donos e diretores, atuam segundo os preceitos esquerdistas, assim como o bilionário George Soros. Estão no mesmo time. E assim também, seus atores, atrizes e jornalistas são obrigados a defender as causas socialistas da emissora. No fundo é uma guerra pelo poder. Está claro que não é só a opinião de um ou outro jornalista. Toda a emissora esta envolvida nessa narrativa esquerdista. Em outro post, o Luciano comentou sobre a Fernanda Torres. Infelizmente para ela, ou está dentro ou está fora.

Deixe uma resposta