Carolina do Norte aprova lei que protege motoristas que atropelam milícias que bloqueiam tráfego

11
214

Como se sabe, um típico ato terrorista de manifestantes fascistas da extrema-esquerda é bloquear vias, geralmente de modo a causar transtorno aos motoristas. Em alguns casos, pessoas deixam de chegar a hospitais por causa dos bloqueios.

Pensando no povo, a Câmara de Deputados da Carolina do Norte, nos EUA, aprovou uma lei por 67 votos a 48 que permite que um motorista atropele pessoas que bloqueiam vias.

A lei foi introduzida pelo republicano Justin Burr e “torna um motorista imune a punições por danos caso a pessoa atingida esteja em um protesto e bloqueando o tráfego”.

“Como temos visto por várias e várias vezes, manifestantes entram no meio das ruas e rodovias tentando bloquear o tráfego”. Burr lembra que os motoristas “não precisam ter medo de dirigir por Charlotte ou qualquer lugar da Carolina do Norte”.

A lei não se aplica, no entanto, caso um motorista decida atingir manifestantes que não estejam bloqueando vias. As informações são do Legal Insurrection.

Anúncios

11 COMMENTS

  1. Não sou a favor do bloqueio, mas sou contra o atropelamento deliberado, isso é um absurdo, é a mesma coisa que legalizar a justiça com as próprias mãos. O dever é do Estado de utilizar todas as ferramentas coercitivas e a força se necessário para retirar os manifestantes. Ao invés de uma lei como essa, seria melhor colocar penas pesadas pra quem obstruir as vias.

  2. Eu não preciso de lei para fazer isso. Se vou com meu filho p hospital e sou bloqueado, eu vou mesmo passar por cima. Duvido q algum hipócrita de plantão deixe seu filho morrer, enquanto um vagabundo bloqueia seu passo.

Deixe uma resposta