Esquerda reclama de demissão de Comey, mas Bill Clinton também demitiu diretor do FBI

0
54

A esquerda norte-americana vai ficando cada vez mais extremista ao ponto de já não se diferenciarem do PT, ao menos em termos morais.

A coisa está nesse nível: em completo duplo padrão, estão choramingando em razão do fato de Donald Trump ter demitido o diretor do FBI James Comey, que usou seu cargo para fazer joguinhos pró-Hillary, como simular que existiam evidências de conluio entre a Russia e a campanha de Trump.

Comey até conseguiu impressionar alguns pascácios dizendo que tinha “relatórios comprovando” o esquema, mas no fim não apresentou evidência alguma. Foi apenas o uso do cargo para fazer guerrinha de narrativa. No fundo, Trump até demorou demais para demitir Comey.

Agora lembramos que Bill Clinton demitiu o diretor do FBI William Sessions em 19 de julho de 1993.

É momento de surgir com o apontamento de mais um duplo padrão esquerdista: por que na época eles não demonstraram a mesma indignação diante da atitude de Clinton ao demitir um diretor do FBI?

Anúncios

Deixe uma resposta