Filme de Olavo de Carvalho sofre tentativa de censura e devemos apoiá-lo

5
103

O filme “O Jardim das Aflições”, baseado no livro homônimo de Olavo de Carvalho, tem sofrido uma clara tentativa de censura no festival CINE PE 2017, em Pernambuco. Na semana passada, cineastas de extrema-esquerda mostraram sua intolerância após descobrirem que o filme de Olavo – e também o filme sobre o Plano Real – estaria no mesmo evento que eles, e então se pronunciaram através de uma carta na qual anunciaram sua retirada do festival.

O expediente é óbvio. Eles querem pressionar a organização do evento a tirar os dois filmes do roteiro, pois simplesmente não aceitam a divergência. Para isso, estão dispostos a acabar com o festival se for preciso.

Para lutar contra isso foi feita uma petição na internet a fim de dar apoio ao filme de Olavo, o que eu endosso plenamente. Nesta hora devemos superar qualquer divergência e mostrar parceria, porque a censura que hoje praticam contra Olavo pode a qualquer momento se voltar contra um de nós.

Quem tiver interesse, assine a petição clicando aqui.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Feito. Mas será que quem vem aqui será pragmático o suficiente para entender que isso NÃO É uma mudança de lado, mas sim defender INTERESSES COMUNS?

    Afinal, já notamos que há muitos leitores do blog que são radicais #hashtag2018

      • Na verdade, estava falando dos anti-Olavo radicais.

        Os mesmos que, se é elogiada UMA posição que não é do candidato deles, é heresia.

        Os mesmos que, se é condenada UMA posição do candidato deles, é heresia.

        O #hashtag2018 foi uma pista de quem é essa ala de radicais.

      • Se você estiver se referindo as bolsonaretes existe um engano, pois elas também são olavetes, claro que depois de ser bolsonaretes.

  2. Isso é obviamente jogo de cena.

    Quem seria ingênuo para propor um boicote tão cara de pau, sem saber que isso iria surtir justamente o efeito contrário? Se meter a enxada e vasculhar um pouco certamente vai sair minhoca daí.

    Agora por favor me respondam. Acham mesmo que a estratégia globalista se resume as estrepolias de George Soros? Acham mesmo que tal nível de organização não seria incapaz de fabricar um Olavo de Carvalho? Um João Dória? Apenas vejam as evidências e sigam o poder e o dinheiro.

    O curral de mentes olaviano foi construído pela mídia globalista durante a primeira década da internet, de 1995 a 2005, sendo ele o único jornalista a falar verdades (inclusive anti-globalistas) dentro dos maiores veículos de mídia do país, incluindo O Globo, JT, Zero Hora, JB, Revista Epoca. O próprio Olavo reconhece que sua audiência foi consolidada nesta década em que pregava sozinho e soltava de forma gradual e controlada a pressão da hegemonia esquerdista, sempre procurando identificar e arrebanhar súditos.

    Olavo pode estar fomentando há tempos um “golpe de direita” para legitimar o contra golpe globalista. Quem não concebe isso nem como uma hipótese, muito embora abundem evidências neste sentido, talvez precise reconhecer que os donos do mundo não são tão ingênuos quanto Olavo os faz parecer.

Deixe uma resposta