Absolvição de Claudia Cruz por Moro torna Lula ainda mais monstruoso por envolver Marisa

5
114

Claudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha (hoje preso), foi absolvida dos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão fraudulenta de divisas em ação relacionada à Operação Lava Jato. A sentença do juiz Sérgio Moro foi publicada nesta quinta-feira (25). Segundo Moro, não há prova suficiente de que ela teria agido com dolo. As informações são do G1.

O Ministério Público Federal afirmou que vai recorrer da decisão ao Tribunal Regional Federal. Eles queriam que Cláudia Cruz fosse condenada e cumprisse a eventual pena em regime fechado. Com a absolvição, ela não será presa.

Esse era o único processo criminal de Cláudia Cruz na Operação Lava Jato. Ela ainda é ré em outra ação movida pelo MPF, em âmbito cível, na qual é acusada de improbidade administrativa.

Moro disse, na absolvição: “Absolvo Cláudia Cordeiro Cruz da imputação do crime de lavagem de dinheiro e de evasão fraudulenta de divisas por falta de prova suficiente de que agiu com dolo”.

Como lembra o site PapoTV, isso é bastante complicado para Lula, pois ele tentou incriminar sua esposa Marisa na Lava Jato. Como se nota, Moro não costuma cair nesses joguinhos. Assim como não foi possível transferir à Claudia Cruz a responsabilidade de Eduardo Cunha, fica difícil para transferir à Marisa as responsabilidades de Lula.  Vai complicar pro Molusco.

Em tempo: Eduardo Cunha nem chegou a envolver Claudia Cruz, mas Rodrigo Janot foi atrás dela assim mesmo. Não deu certo. O mais monstruoso por parte de Lula é que o envolvimento de Marisa foi feito pelo próprio ex-presidente. Foi o cúmulo da monstruosidade moral.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Suspeito que a intenção do lula era culpar o Moro pela morte da mulher, mas se ferrou.
    De todo jeito, tentou usar a mulher morta contra a lavajato. Um canalha.

  2. Pelo menos o Cunha seguiu o conselho do Roberto Jefferson, que afirmou algo como: “A ele agora só resta tomar uma atitude de homem, assumindo tudo e livrar sua mulher e sua filha de qualquer problema”.

  3. SOCORRO!

    A TRAMA REVELADA: O GOLPE PARA SALVAR LULA, DILMA E TEMER

    O golpe para salvar Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer (e todo o resto da ORCRIM) está sendo tramado no Senado por peemedebistas, petistas e tucanos.

    Leia o que diz Alberto Bombig, do Estadão:

    “Estão em curso em Brasília as tratativas de um acordão que visa a utilizar uma eventual eleição presidencial indireta para anistiar parte do mundo político e colocar o Congresso como contraponto à Lava Jato e ao Ministério Público Federal (…).

    Pelo arranjo dos senadores, Eunício Oliveria seria vice, mas de um outro candidato, alguém com coragem suficiente para enfrentar a opinião pública e frear os procuradores e o juiz federal Sérgio Moro.
    Para o grupo do Senado Federal, apenas dois nomes entre os colocados até agora como pré-candidatos têm peso e tamanho para a missão: Nelson Jobim e Gilmar Mendes.

    Só para lembrar: no Senado, são investigados, entre outros, o próprio Eunício, Renan Calheiros, Gleisi Hoffmann e Aécio Neves (…).
    Para facilitar a renúncia de Temer, o acordo garantiria a ele um indulto (a imunidade penal a ser dada pelo futuro presidente) e a votação da PEC que manteria o foro privilegiado a ex-presidentes, evitando que o caso dele chegue até Moro. Essa PEC também livraria Lula das garras do juiz federal, parte que mais interessa ao PT”. ( Publicado em O Antagonista)

Deixe uma resposta