Não deixe te enganarem: Janot é o PGR, e não "a Lava Jato"; acordo com JBS pode ser revisado SIM!

10
120

Agora vemos que todos os dias o PGR Rodrigo Janot escreve algum artigo na imprensa dizendo que “o acordo com os irmãos JBS foi bom, pois entregou corruptos”. A vida de Janot tem se resumido a repetir esta narrativa, mais furada que tábua de pirulito.

Mesmo que 73% dos brasileiros esteja contra o afrontoso acordo com os irmãos JBS, alguns setores da mídia tem dito que Janot não pode ser criticado. Como não possuem argumentos apelam ao chavão “não critique Janot, pois isso é ficar contra a Lava Jato”.

Agora criaram a falácia ad lavajatum: basta dizer que alguém que discorda de você “é contra a Lava Jato”. Aí é só vir com as tochas. Este truque precisa ser interrompido.

A Lava Jato é muito maior do que a figura do Sr. Rodrigo Janot. Todos os seus acordos devem ser investigados e questionados e toda ação de impunidade precisa ir para o mesmo caminho. Todas as provas coletadas podem ser mantidas e utilizadas.

E os áudios contra Aécio e Temer? Seguem válidos. Por que não? Mas para a manutenção destes áudios não é necessário dar plena impunidade aos irmãos JBS. Ao contrário: o acordo pode ser revisado, e eles seriam obrigados a fazer uma nova negociação. Tudo isso sem precisar garantir a impunidade dos irmãos JBS.

Bastaria prender os dois irmãos e requisitar a pena máxima. No mínimo, deveria ser a mesma que foi aplicada a Marcos Valério. Em seguida, é só dar a escolha: enquanto todas as provas já recebidas são utilizadas, os irmãos JBS poderiam escolher entre ter uma pena de quarenta anos para cima ou uma pena de uns 10 ou 12 anos, com permanência mínima de 2 a 3 anos na cadeia.

Alguns dirão: “ah, mas os irmãos JBS não vão topar”. Se não toparem, ficam 30 anos presos (tempo máximo que alguém pode ficar preso no Brasil). É certo que vão colaborar sem problema algum. Ademais, isso já aconteceu com a Odebrecht. Por que seria diferente com os irmãos JBS?

Do jeito que algumas figuras andam dizendo, se o acordo com Joesley e Wesley fosse cancelado, as provas já entregues evaporariam. Talvez caíssem no limbo. Ou em um buraco negro. É óbvio que tudo isso é conversa fiada.

Em suma, é preciso cancelar o acordo com os irmãos JBS, manter a utilização de todas as provas e exigir um novo acordo, sem qualquer tipo de impunidade (no máximo uma redução de pena) e ainda por cima aumentar essa multa para a casa dos bilhões, pois a JBS recebeu R$ 9 bilhões do BNDES. Logo, pagar apenas 110 milhões de multa é cuspir na cara do povo brasileiro.

Como se nota, todos os acordos feitos com Janot podem ser quebrados, sem qualquer dano à Lava Jato. Ao contrário: se isso acontecer, todos os corruptos podem ser punidos (incluindo os irmãos JBS), e a imagem da Lava Jato fica preservada.

A regra é clara: Rodrigo Janot é apenas o Procurador Geral da República. Ele não é a Lava Jato. Tem gente tentando te enganar ao fingir que “atacar Janot é atacar a Lava Jato”, mas é claramente um embuste. Não caia na falácia ad lavajatum.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Gostei do “ad lavajatum” rs. Quem está usando essa tática o tempo inteiro, por exemplo, é o site Antagonista. Incrível como insistem. Perderam completamente a vergonha.

  2. Um pensamento que me ocorreu:

    JBS grava Temer e entrega todos. Bom. Mas JBS gravou Lula ou Dilma? Se não, não foi por falta de oportunidade. Seria por falta de conveniência.

    JBS entrega prova de propina para os adversários do PT. Acusa também Lula e Dilma de ter recebido valores bem maiores, mas numa conta mantida por eles próprios (JBS).

    O que impediria, mais próximo de 2018 ou das tais eleições diretas, uma nova narrativa da JBS tipo “a propina pro Lula e Dilma era falsa, mas se eu não envolvesse eles na delação, mesmo sem provas, minha denúncia não teria sido aceita” ??

    Aí uma arma contra o PT viraria forte munição para o partido. Por que deveríamos duvidar da lealdade dos irmãos Batista a quem tanto os ajudou?

    Só um devaneio…

  3. Meu querido, temos que parar de nos preocupar com as folhas e se concentrar em cortar o mal pela raiz. O Brasil precisa interromper o ciclo da corrupção, pois é isso que está desgraçando o país a muito tempo. Na minha opinião isso é mais importante do que prender um outro empresário que ficou rico as nossas costas. Se o preço a pagar para ver o fim da corrupção, tudo bem por mim… deixa os caras livres. O fato é que político brasileiro é sujo e ele é o agente corruptor. Se existir por parte deles medo de que possam ser entregues pelos empresários (que saem livres) eles não vão mais pedir propina a ninguém. Essa desconfiança quebrará o ciclo de corrupção (dilema dos prisioneiros na literatura).
    Um abraço.

    • Acontece Renato Andreata que temos que começar pelas folhas porque elas são mais fáceis de se podar. O tronco da corrupção é muito grosso e suas raízes são seculares. Há que desbastar esse tronco aos poucos para se chegar ao cerne e, aí, sim dar um corte final. É humanamente impossível se combater a corrupção no Brasil em 1 ou 10 anos. Não esqueça que o Lula, a Dilma e o PT adubaram a corrupção durante 14 anos.! Apoio o Michel Temer porque no seu governo, em um ano, ele ajudou bastante o Brasil e fará muito mais se continuar no governo. Não adianta criticar, agora, o presidente, temos que apoiá-lo para que ao final de seu mandato o Brasil não tenha se transformado em uma Venezuela.

  4. Vamos analisar de outro ângulo: será que o Janot é mal preparado?? Será que ele trabalha sozinho?? Quantos são na equipe da PGR?? Será que todos também são mal preparados?? Será que eles nem passaram perto dessa solução proposta pelo site?? Porque será que não optaram por ela??… eu acho é que 73% dos brasileiros que são contra porque não reciocinaram o suficiente e não tem informações suficientes para uma conclusão correta sobre a decisão tomada. Acho que são manipulados por sites e outras midias para irem contra. Assim como o PT manipula professores, artistas, intelectuais, religiosos, os “idiotas úteis” de Lênin, para espalhar sua ideologia….

  5. Mas a grande prostituta do Brasil protege corruptos de bilhões e persegue implacavelmente corruptos de milhares ou poucos milhões, desde que sejam adversário de seu partido…A grande prostituta não está errada em perseguir Temer e Aecio…eles até que merecem.. Ela está errada em proteger os politicos de seu pártido.. Um homem no seu cargo naão pode ser militante partidário e ter seu raciiocinio embotado pela ideologia…

  6. Mas a grande prostituta do Brasil protege corruptos de bilhões e persegue implacavelmente corruptos de milhares ou poucos milhões, desde que sejam adversário de seu partido…A grande prostituta não está errada em perseguir Temer e Aecio…eles até que merecem.. Ela está errada em proteger os politicos de seu pártido.. Um homem no seu cargo naão pode ser militantes partidário e ter seu raciiocinio embotado pela ideologia…

  7. Janot não é a Lava Jato, mas a delação que ele homologou contém provas importantes que entregam Lula, Dilma, Aécio, e tantos outros. Anular a delação tornará todas as provas inválidas. Esta é a opinião da dra. Janaína Paschoal que, na sua página do tweeter (@JandiraDoBrasil) sugere indiciar os irmãos “qualquercoisaleys” por crime de “insider trading” (uso de informação privilegiada para obter lucro próprio), para o qual já existe lei e jurisprudência, pois um diretor da Sadia foi condenado com base nessa lei.

Deixe uma resposta