Jovem é agredido por bandidos, tem bicicleta roubada, sua testa é machucada, mas ele não ganha vaquinha

38
183

Ricardo Santini Maciel conta, em sua conta do Facebook:

Olá, meu nome é Renato, moro em Curitiba e ontem fui assaltado enquanto andava de bicicleta, que por sinal é meu meio de transporte, pois não tenho condição financeira para ter um carro no momento.

Além de levarem minha bicicleta, celular e carteira, ainda fui agredido e desmaiado, acordei perdido, desorientado e com sangue da cabeça aos pés.

Como vocês podem ver na foto, meu rosto não ficou nada legal, além de ter tido a testa rasgada e sofrendo com dores na garganta, sem poder falar direito.

Muitas pessoas tem defendido a pessoa que teve a testa tatuada, fiquem sabendo que também tive a testa tatuada, com socos, onde as marcas ficarão por todo o resto de minha vida.

Mas mesmo eu sendo trabalhador, estudante e uma pessoa que corre atrás dos meus objetivos de forma honesta, ninguém veio me socorrer e nem mesmo minha publicação teve a mesma repercussão que as publicações que envolviam esse sujeito.

Bom, amanhã não vou poder trabalhar, para poder correr atrás da minha saúde.

Boa reflexão a todos.

Boa noite.

Pois é, Ricardo Santi é um trabalhador. Até onde sabemos, não cometeu crimes. Ele sofreu uma violência e está com a testa machucada.

As mesmas pessoas que fizeram uma vaquinha para o bandido que teve a testa tatuada o ignoraram. Nenhum órgão de mídia o procurou.

Detalhe: ele é uma pessoa humilde, da classe trabalhadora. E mesmo assim é desprezado pela extrema-esquerda.

Ficam claras as prioridades da mídia socialista, certo?

Anúncios

38 COMMENTS

  1. Inversão total de valores e princípios. Esse e o modelo de sociedade em que vivemos onde o bandido, noiado, traficante são as vitimas da sociedade e nós? Cidadão de bem, que trabalha, paga impostos? Somos o que?

  2. em terra de bandido, os únicos que tem direito são os próprios bandidos… leis feitas para eles e seus semelhantes! quem é trabalhador e honesto sofre e tem que sustentar essa corja maldita!

  3. Os bandidos foram presos? A justiça foi feita? Se tudo isso estiver ok é só quem se compadecer do problema do cara ajudá-lo, simples. O caso não tem nada a ver com o caso de São Bernardo do Campo e não serve de justificativa pra torturar ninguém.

    • Ricardo Adorei a sua resposta.
      O que a maioria das pessoas não entende é que os que torturaram cometeram crime também, ja pensou se todo mundo resolvesse fazer justiça com as próprias mãos? Quem concorda com a atitude do Tatoador é a mesma pessoa que se encontrasse com um linchamento na rua iria ajudar a linchar também. O mundo precisa de mais AMOR.

      • se todo mundo fizesse justiça com as propias maos os bandidos iam pensar 2 vezes antes de agir pois eles fazem o que fazem porque sabem que vao ficar impunes

  4. Nossa realmente uma injustiça imensa oque fizeram com você, mas o pessoal está confundindo as coisas ai.Ninguém está defendendo bandido, bandido tem que ser punido sim pelos órgãos da lei. O problema é que ninguém sabe se o menino é ladrão,ou se foi julgado e torturado por uma suspeita .Assim como não foi ele o autor do crime que praticaram com vc , não foi ele que matou policiais ,as pessoas confundem e misturam as coisas,nesse caso oque vi foi um menino sendo torturado por um tatuador e um pedreiro que julgaram que ele queria roubar uma bicicleta que nem deles era, se ficarmos a merce da justiça de justiceiros, isso não vai melhorar o Brasil, por isso que existem pessoas que estudam e se qualificam para fazer julgamentos. Não falo que o menino é inocente nem que não é ,mas os caras que tatuaram a testa dele usaram força disproporcional ao ocorrido e agora estão presos por tortura.

    • É ladrão sim, várias ocorrências anteriores e ainda invadiu propriedade privada. Eu não gastaria tinta nem tempo com uma porcaria dessas.

  5. Em um país que não pune os bandidos mas que, em compensação, faz de tudo para dificultar a vida do cidadão honesto, é compreensível a reação dos que apoiam a atitude dos tatuadores.
    Mostra o caos institucional que vivemos. Acho alarmante.

  6. Bom texto para reflexão…
    Só não entendi a parte que o autor diz “desprezado pela extrema esquerda”. Na carta do cara não diz a orientação política dele…
    Mania de rotular politicamente qualquer tipo de assunto… Simplesmente ridículo!

  7. Se depender de mim não tira porcaria de tatuagem da testa nunca, bandido é e será sempre bandido. Começa pelo batedor de carteira e vai até o presidente, num país aonde seu povo ovaciona e faz apologia a indecencia, a imoralidade chegando até ao comportamento social pornográfico. Isso é a escola de Antônio Gransci que nunca deveria ter nascido.

  8. Aqui nesse País só quem tem valor é bandido, gente honesta trabalhador que corre atrás do que almeja é tratado assim, a mídia nada falou, mais o que saiu da sua cidade que se diz ser estudante, deixou sua cidade e foi pra Curitiba participar de passeada a favor de bandidos, um cara desse que se diz estudante, como pode tirar o lugar de quem realmente quer estudar, o Policial cumpriu seu dever.quem defende bandido deve ser também bandido, eu estou decepcionado com tantos políticos ladroes, até seu Paulino da Força também roubou, o cara que se diz defensor do trabalhador, o negocio bom ser Sindicalistas Logo ficam ricos se candidatam e viram políticos, não defende trabalhador coisa nenhuma defende mesmo é. Eles próprios, por isso não querem que acabe a contribuição obrigatória, bando de safados

  9. Quero que alguém que nunca foi roubado ou agredido por um marginal deixe aqui seu comentário !!!!!! …………isso não vai acontecer sabe porque ?
    Não existe uma pessoa que não tenha sido roubado pelo menos uma vez nesse país, alguns menos sortudos já foram várias vezes como eu !!! Comercio, postos de gasolina, caixas eletrônicos , são diariamente roubados e explodidos , assim como nossa moral e nossa paciência que é explodida diariamente !!!

  10. Ora, mas que pensamento tosco, torto, raso. Inúmeras pessoas são agredidas covarde mente todos os dias, mas a agressão que sofrem não é propagada por vídeo em forma de tortura para toda a gente. Se o assalto e espancamento que este rapaz aqui, Renato, fossem filmados pelos bandidos e o video jogado como uma graça na rede, poderíamos comparar as reações da sociedade. E dizer que esta ou aquela reação é de esquerda ou direita? Como assim? Desculpe, pensamento torto. Lamentável, ultrajante o que Renato sofreu, mas comparar as situações e culpar a esquerda? Haja paciência.

  11. Tudo errado !!! O ladrão ter recebido vaquinha mostra que não só a classe política perdeu seus valores como parte da sociedade tambem, o que tatuou esta preso e imagina o que vai passar na cadeia quando outros bandidos souberem porque ele esta lá (vai apanhar muito) e o coitado do trabalhador volta a pé para casa sem dinheiro, sem bike, sem vaquinha todo arrebentado e traumatizado pela violência. O Brasil está doente por inteiro.

  12. O legal é que a página teve sua oportunidade de promover alguma ação para ajudá -lo, mas não fez. Simplesmente atacou outra página e um seguimento político. Sim é muito revoltante a situação dele, mas isso não diz que a do outro não é. O que também diz muito sobre os objetivos da direita.

  13. Quem aqui baixa filme pirata, rouba sinal de TV a cabo, compra produto falsificado, suborna fiscal, gosta de usar o jeitinho brasileiro tem que ficar calado e não dar um pio. Vcs TB são bandidos.

  14. Acho que o caso não tem nada a ver com a inversão dos valores. O jovem tatuado é usuário de drogas, jovem, e pelo que parece, cheio de problemas familiares (vive sob a guarda de um avô em péssimas condições financeiras). Isso é motivo pra FURTAR uma bicicleta? Claro que não. Deveria pagar pelo crime? Claro que sim. Mas tatuar o rosto do rapaz não tem justificativa e é imperdoável. E acho que toda a ajudar para recupera-lo é muito bem vinda…hoje ele furtou, e amanhã poderá roubar e espancar alguém, como ocorreu lamentavelmente com o jovem curitibano. A gente precisa parar com esse negócio de tratar o bandidinho como um cara do PCC, irrecuperável…mandar todos para a cadeia mesmo que seja um delito menor (como um furto de bicicleta) é utopia…desse jeito continuaremos a ser um país violento.

Deixe uma resposta