Aécio tende a ser preso, o que pode matar uma das mais importantes narrativas petistas

0
79
Brasília- DF 10-03-2016 Senador Aécio Neves durante entrevista no salão Azul do senado.Foto Lula Marques/Agência PT

Os petistas dizem: “Mexeu com Lula, mexeu comigo”. Enquanto isso, aqueles que votaram em Aécio dizem: “Mexeu com Aécio, eu nem ligo”.

Essa falta de apoio ao tucano é um dos fatores que tendem a culminar em sua prisão via STF. Caso a prisão não ocorra, o próprio PGR se complicará por estar perseguindo um adversário político. Para reduzir essa percepção, o STF teria que condená-lo. Basta lembrar que a esposa de Eduardo Cunha, Claudia Cruz, foi absolvida por Moro. Isso mostra que o PGR deve ficar com as barbas de molho, pois ter mais um absolvido em sua conta pegaria muito mal.

Por terem abandonado o senador, muitos dos antigos apoiadores de Aécio não sofrerão maiores danos políticos. Ao mesmo passo, a prisão de Aécio trará uma pressão imediata sobre a PGR e o STF para que Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e outros petistas graúdos (e que tenham foro privilegiado) igualmente sejam presos.

Da narrativa dos petistas perseguidos, podemos ir para a narrativa mais realista: a dos petistas privilegiados.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta