Jovens entendem sociedade como pouco ética e julgam que cenário não pode ser mudado

0
201

Uma nova pesquisa do Datafolha mostra que 90% dos brasileiros entre 14 e 24 anos avaliam a sociedade como pouco ou nada ética, enquanto apenas 4% a consideram muito ética.

Quando a pergunta é feita a respeito a pessoas próximas do convívio pessoal do entrevistado o resultado muda, mas apenas um pouco: 74% consideram os amigos pouco ou nada éticos, enquanto 54% consideram seus familiares pouco ou nada éticos.

Esta é outra informação reveladora:

56% concordam que não importa o que eu faça, a sociedade sempre será antiética
55% concordam que é impossível ser ético o tempo todo
36% concordam que se eu quero ganhar dinheiro, nem sempre posso ser ético

O fato é que o Brasil vive um colapso ético.

Nesta semana a coisa foi sintomática: vimos até mesmo pessoas normalmente sérias – como os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando – declarando em público, sem o menor pudor, que o acordo de total impunidade dos irmãos Joesley e Wesley deveria ser mantido.

A pergunta que fica é: num momento em que dois dos maiores criminosos da história brasileira ganham o direito a total impunidade, qual o valor em ser ético? Essa é a pergunta que agora faz a sociedade.

Anúncios

Deixe uma resposta