Amanhã é dia de torcer para que comunistas não vençam a eleição para PGR

0
311

Amanhã é dia em que a Associação Nacional dos Procuradores da República fará eleição para formar a lista tríplice para a sucessão do petista Rodrigo Janot na PGR.

A votação ocorrerá a partir de computadores localizados na PGR, nas Procuradorias Regionais da República e nas Procuradorias da República nos estados e nos municípios.

São oito candidatos, ao todo. Veja a lista: Carlos Frederico Santos, Eitel Santiago de Brito Pereira, Ela Wiecko Volkmer de Castilho, Franklin Rodrigues da Costa, Mario Luiz Bonsaglia, Nicolao Dino de Castro Costa e Neto, Raquel Elias Ferreira Dodge e Sandra Verônica Cureau.

O resultado deve ser divulgado às 18h30. Os nomes dos três mais votados irão para os presidentes da República, do STF, do Senado e da Câmara. A indicação é feita por Temer, que ainda a submeterá ao Senado.

Os mais comunistas da lista são Ela Wiecko e Nicolao Dino, este último é o preferido de Janot, que pretende seguir utilizando a PGR para atacar adversários da extrema esquerda e seguir blindando petistas.
Melhor seria que Raquel Dodge e Mario Bonsaglia estejam na frente.
Existe uma tese janotista dizendo que “sem Janot, não há Lava Jato”, mas é puro engodo.
O fato é que se é para derrubar Temer, Janot pode aproveitar o restinho de seus dias para mandar até uma dezena de denúncias contra Temer. Por que não uma centena?
Porém, é preciso que ele saia do cargo em setembro e não nomeie um sucessor, pois assim a blindagem aos petistas pode ter um fim ou pelo menos ficar complicada.
Anúncios

Deixe uma resposta