Possível condenação de 22 anos a Lula ainda não garante a prisão. Precisamos exigir mais.

0
203

Como já se sabe, hoje o ex-ministro Palocci foi condenado a 12 anos e 2 meses de prisão por Moro. Segundo a Istoé, o juiz deve condenar Lula a 22 anos de prisão nos próximos dia. O texto diz: “Segundo o Ministério Público Federal, Lula teria sido beneficiado com pelo menos R$ 87,6 milhões, dados pela OAS”.

Em seguida, lemos: “A ISTOÉ apurou, junto a integrantes da Lava Jato, que Lula poderá pegar até 22 anos de cadeia, sendo 10 por lavagem de dinheiro e 12 por corrupção passiva. Léo Pinheiro ,dono da OAS, informou em suas alegações finais no processo que o imóvel era mesmo de Lula: ‘O tríplex nunca foi posto à venda e as reformas foram executadas seguindo orientações dos reais proprietários do imóvel, o ex-presidente Lula e sua esposa.'”

Tudo muito claro. Tudo muito lindo. Porém, o detalhe é que essa condenação não significa que Lula iria para a cadeia. Enquanto isso, Palocci foi condenado enquanto estava detrás das grades. O que se diz por aí é que Lula poderia ser trancafiado só em julho de 2018, na ocasião em que a sentença do TRF-4 fosse emitida.

É preciso pressionar Moro para que ele não apenas condene Lula, como também o encarcere sob prisão preventiva. Em suma, nada diferente do que aconteceu com Palocci.

Anúncios

Deixe uma resposta