Vivi para ver o dia em que um site “da direita” apoiou o comunista Nicolao Dino para substituir Janot na PGR

7
338

Ocorreu hoje a eleição da lista tríplice dos candidatos à sucessão de Rodrigo Janot para o cargo de PGR (Procurador Geral da República).

Eis os resultados:

  • Nicolao Dino: 621 votos
  • Raquel Dodge: 587 votos
  • Mário Bonsaglia: 564 votos.

Ao todo, votaram 1.108 procuradores da República, a maior votação e o maior percentual de votantes da história do MPF, conforme lembra o Antagonista, site que escreveu o seguinte:

Se era só o que faltava, agora não falta mais nada!

Tudo bem que o Anestesista não é um site “de direita”, mas de uns tempos para cá tem sido vendido como um meio para atender ao público direitista, ao mesmo tempo em que tem adotado uma obsessão “inexplicável” por Rodrigo Janot, defendendo-o a cada momento. Chegam até a defender o acordo de impunidade dos irmãos JBS.

Porém, parecia existir um limite. Agora se nota que não há mais limites.

Em tempo: o ideal é que o substituto de Janot seja qualquer um dos três, menos Nicolao Dino, pois, como se sabe, eleitos por petistas só servem para proteger o partido totalitário.

Lembre-se que Nicolao Dino é irmão de Flavio Dino, governador do Maranhão, pertencente ao PCdoB. Sem comentários…

Pelo menos, há uma boa notícia: a chance de que Nicolao Dino seja escolhido por Temer tende a zero.

Anúncios

7 COMMENTS

  1. Cara, vc tá ficando doido, onde q vc viu alguma defesa de Janot ou Dino neste post do antagonista? Falaram q o Temer não vai escolher ele, sem juízo de valor se é bom ou ruim, e falaram q ele seria uma continuação do trabalho do Janot, isso até vc reconhece.

  2. Essa é fácil…lembre-se quem comprou o Antagonista recentemente, o que os caras vendem e inteligente como você é já vai entender porque eles defendem tanto o Janot.

  3. Se ao todo, votaram 1.108 procuradores da República, como é que a soma total de votos foi de 1772? Alguém pode explicar o desencontro do número de eleitores?

  4. Antagonista já passou de todos os limites, nem disfarça mais. Pelo contrário, parece que quanto mais é contestado, mais se gruda nas suas ideias . Um dia vamos descobrir o que o motiva.

Deixe uma resposta