PT decidiu antecipar sentença de Moro e já definiu: “Lula é inocente”

3
234

O PT decidiu inovar e antecipar processos judiciais. Assim, em vez de esperar a Justiça decidir as coisas, eles julgariam antecipadamente os casos. Parece que, além de ser um partido, eles querem definir uma Justiça Paralela.

Ao menos isso é o que podemos depreender de uma nota lançada na segunda (26) em que já definem Lula como inocente e, portanto, merecedor de absolvição: “Frente a esse momento grave da história do Brasil, a Direção Nacional do PT informa que acompanha atentamente a evolução desse processo judicial, na certeza de que não existe nenhuma possibilidade de sentença justa que não seja a absolvição do ex-presidente”.

Segundo os julgadores do PT, não existem provas contra as denúncias: “Frente à inexistência absoluta de provas que possam embasar as denúncias contra Lula, nossa militância segue atenta e mobilizada para, junto com outros setores da sociedade brasileira, dar a resposta adequada para qualquer sentença que não seja a absolvição completa e irrestrita de Lula. Não aceitaremos vereditos baseados em indícios falsos e especulações partidarizadas, conforme possibilidade que já vem sendo aventada pela imprensa, e que contrariem até documentos oficiais de órgãos públicos que atestam que o ex-presidente nunca foi proprietário de tal imóvel”.

Quem precisa de um sistema judiciário se o PT já quis definir quem são culpados ou inocentes, não é mesmo?

Anúncios

3 COMMENTS

  1. A pregunta não é “quem precisa de um judiciário….quando o PT já decidiu que lula é inocente”… A pergunta deveria ser:- Que país é esse, que permite partidos políticos aparelharem o sistema judiciário de forma tal que os criminosos que compõe esse e outros partidos sejam inocentados pelos indicados? Essa seria a pergunta pertinente.

Deixe uma resposta