Fachin peidou na farofa e soltou Loures, mas o que o povo pedia era o inverso: prender todos

3
188
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Nesta sexta feira (30) tivemos o primeiro grande colapso de frames da frente janotista, que ultimamente defendia todos os seletivismos do PGR Rodrigo Janot e as validações feitas por Edson Fachin.

No mesmo dia em que Marco Aurélio Mello (do STF) recusou o pedido de prisão de Aécio Neves, o ministro relator Edson Fachin decidiu que o ex-deputado e ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seja solto e passe a usar tornozeleira eletrônica.

O recuo de Fachin, com a ajudinha de Marmello, é um baita de um erro tático da parte dessa gente: será que eles acharam que o povo iria esquecer o acordo de impunidade da JBS apenas se liberassem os políticos delatados?

O problema é agora é que o acordo de impunidade vai ficar ainda mais fedido. O clamor por justiça já foi ativado. Ninguém estava psicologicamente preparado para ver todo mundo solto depois que foi anunciado o acordo de impunidade da JBS, pois este acordo de impunidade foi vendido assim: “ele é tão bom que todos vão ser presos”. Mas agora, com todo mundo solto, como fica o acordo de impunidade?

É isso que significa o cavalo de pau arriscadíssimo dado por Fachin e o STF: enquanto o povo pedia “prendam todos” eles soltaram todos. Agora é hora de exigir a prisão dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, prioritariamente, e colocar as empresas deles sob leilão. E que os senhores Fachin e Janot fiquem com as barbas de molho…

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Em resposta a um artigo que anda sendo difundido , pela Internet, com uma DEFESA excelente do TEMER,respondi, para quem me enviou, o que virá, a seguir

    Pois é, fulano, assisti ao lindo, maravilhoso, espetacular pronunciamento do Temer. Interessante é que, quando ele terminou, senti, inadvertidamente, ÍMPETOS de APLAUDI-LO, EFUSIVAMENTE!!!! Aí me liguei que estava sozinho, no meu sofá, diante apenas da televisão.

    Diverti-me bastante com aquelas IDIOTAS da ‘GLOBO FAKE NEWS”, a tal de Cris alguma coisa e a tal de Natuza Neri, desfilando um FESTIVAL DE SANDICES INTERPRETATIVAS, VÍTIMAS dos seus próprios ódios e da vontade de INDUZIR A FORMAÇÃO DE UMA OPINIÃO, o que muitas vezes funciona, diante de um público INCAPAZ de realizar uma CRÍTICA consistente, a fim de rejeitar as MEDÍOCRES INTENÇÕES das mesmas.

    Por outro lado, interpretei as duas SOLTURAS, como uma VITÓRIA, cheia de brilho, do Temer, nesse 1º “round”. Para mim, o Fachin se assustou com os ataques sofridos por ele e pelo Janot (portanto, não se preocupou com a opinião pública; e sim em se proteger).

  2. Acho que ele tenta macular a lava-jato tentando ao mesmo tempo que tenta alavancar o Lula nas eleições, justamente fazendo com que as pessoas manifestassem repúdio pelo PSDB ser beneficiado desse jeito!

Deixe uma resposta