Golpe chique: Dilma torrou mais de R$ 520 mil dos pagadores de impostos com viagens em 2017

0
203

Nos primeiros seis meses de 2017, Dilma fez viagens por tudo que é lugar, sempre para se declarar “vítima de golpe”. Como resultado, ela gastou mais de R$ 520 mil com diárias e passagens nesse período.

Isso significa o triplo do que os assessores dos outros ex-presidentes usaram, juntos, no mesmo período. Detalhe: toda essa grana foi gasta após Dilma ter deixado o cargo, principalmente por causa de um acordo feito entre Senado e STF para manter seus direitos políticos.

Toda a história dos golpes de estado mostra líderes políticos sendo assassinados, ou então indo para as masmorras. Mas que tipo de golpe de estado dá luxos de sultão para a “vítima do golpe”?

Essa é mais uma razão para expormos o quão ofensivo ao povo trabalhador é esta “narrativa do golpe”.

Um cidadão que trabalha e jamais poderá torrar R$ 520 mil em viagens pode aturar ouvir esse tipo de provocação?

Dilma é um monstro de cinismo e perversidade, a qual sempre fica ressaltada quando uma ostentadora como ela ainda tenta de fazer de vítima. Ela é que vitimou o Brasil com suas gastanças, que não pararam até mesmo durante o processo legal de impeachment.

Anúncios

Deixe uma resposta