Los Hermanos podem captar até R$ 8,3 milhões via Lei Rouanet. Está explicado o amor dos artistas pelo socialismo…

3
405

Está na hora de surgir um candidato de direita que comprometa não apenas a privatizar a Petrobrás, os Correios e extinguir o BNDES (ou colocá-lo sob um controle absurdamente transparente e com benefícios restritos), mas também acabar com a Lei Rouanet. Ninguém aguenta mais ler as notícias de tetas sendo ofertadas a uma elite artística que sobreviveria muito bem sem este tipo de mamata.

Agora é o caso dos Los Hermanos – que é uma banda com boas vendagens, diga-se – que teve um “projeto artístico” aprovado pelo governo. É o musical “Pormenores – Los Hermanos” da “Sapo Produções Artísticas e Culturais Ltda”, que foi autorizado a captar R$ 8.374.290,00 por meio da Lei Rouanet. As informações são do ILISP.

A verba seria utilizada para realizar uma temporada de 2 meses no Rio de Janeiro, com 32 apresentações, outra temporada de 2 meses em São Paulo, também com 32 apresentações, além de 2 apresentações cada em Belém, Recife, Fortaleza, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, totalizando 80 apresentações no total.

Diz a matéria do ILISP: “Os organizadores do musical preveem uma receita de R$3.360.000,00 – ou seja, com um prejuízo de R$ 5 milhões de reais em relação ao valor a ser captado – caso cada um dos ingressos de R$ 120,00 seja vendido a 350 pessoas por apresentação”.

Essa palhaçada tem que acabar. Aliás, isso explica por que tantos artistas amam o socialismo. É muito dinheiro fácil às custas do pagador de impostos.

 

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Desculpe, mas não entendi o problema do pq não poder aprovar o projeto. Mesmo que sejam uma banda reconhecida, um projeto desse emprega mais pessoas por mais tempo e devolve ao cofres públicos o dobro do que foi incentivado só em impostos. Ou seja, esse musical trará mais dinheiro à educação e à saúde do que se fosse direto para as mãos do governo, que nós sabemos, não iria para lugar algum.

    • Diz a matéria do ILISP: “Os organizadores do musical preveem uma receita de R$3.360.000,00 – ou seja, com um prejuízo de R$ 5 milhões de reais em relação ao valor a ser captado – caso cada um dos ingressos de R$ 120,00 seja vendido a 350 pessoas por apresentação”.

Deixe uma resposta