Será que a CBN que inventou os “jatos d’água de Doria sobre mendigos” passará pelo crivo dos “fact checkers”?

0
731

Cada vez mais ultraesquerdista, a rádio CBN se especializou em criar “fake news” para atacar a Gestão Dória. Agora, radicalizando na mentira, a rádio disse que a Gestão Doria usou jatos d’água contra moradores de rua.

Doria fez aquilo que extrema esquerda mais odeia: refutou as mentiras. Assista:

Agora que tal ver se os “fact checkers” ligados a George Soros “checaram” este suposto fato?

No fundo, acreditar que os “fact checkers” da extrema esquerda estão aí para nos ajudar a filtrar a verdade da mentira é o mesmo que acreditar que o Ministério da Verdade (da obra de Orwell) era uma entidade buscando definir o que era verdade para o povo ao invés de falsificar informações.

Os “fact checkers” financiados pela Open Society não estão interessados em averiguar fatos, mas em agir de forma seletiva em linha com uma agenda. Por isso, eles decidem quem será checado (e quando), além de realizarem jogos para simular um apartidarismo que não existe.

Quando checam pessoas da direita eles chegam a mentir para dizer que o oponente mentiu. Muitas vezes tratam verdades como mentiras a partir de estratégias de simulação de falso entendimento. Como exemplo, a Agência Truco disse que era mentira que existia um projeto de lei para reduzir a progressão de pena em discussão no Congresso. Mas esta matéria mostra que Agência Truco mentiu para dizer que a discussão não existia. Assim como o Ministério da Verdade orwelliano, os “fact checkers” da extrema esquerda agem muitas vezes como mitômanos.

No caso da CBN, está claro que a emissora aplicou um “fake news” sobre Doria, mas como a mentira atendia à agenda da extrema esquerda, isso não apareceu em nenhum “fact checking” dos meios elencados como “a tropa da checagem”.

Na página da Agência Truco, nada sobre a mentira da CBN. Na página da Aos Fatos, também não se vê nada sobre esta mentira dos “jatos d’água sobre mendigos”. Na Agência Lupa, também… neca de pitibiriba.

Por que não estou surpreso?

Creio que já é hora de iniciarmos o movimento de “censor checkers” para monitorar estatisticamente a atuação dos fact checkers aliados à extrema esquerda.

Anúncios

Deixe uma resposta