Lula se achou esperto ao defender fundo bilionário para políticos mas acabou confessando corrupção

0
301

O metido a esperto Lula defendeu a criação de um fundo para o financiamento das campanhas eleitorais, durante entrevista dada na manhã desta segunda-feira (24) à rádio Tiradentes, no Amazonas. Segundo ele, “o Brasil não vai ter jeito” se não houver mudanças na legislação eleitoral.

“Se os políticos não tiverem coragem de mudar a legislação eleitoral para criar um fundo de financiamento de campanha, para que não fique mais dependendo de empresário, o Brasil não vai ter jeito”, disse Lula ao ser questionado se não sabia da relação “promíscua” entre os partidos e empresas por meio do pagamento de propinas.

Isso não tem outro nome senão uma confissão de culpa. Segundo Lula, se não tiver o fundo bilionário estatal para campanhas, eles vão se juntar a empresários e fazer corrupção.

Mas o fato é que Lula mentiu para o público, pois os políticos corruptos só se juntam aos empresários corruptos por opção. Ninguém botou arma na cabeça deles para cobrarem propina.

Ademais, o dinheiro estatal não é para ser gasto com políticos que não queremos. O dinheiro do pagador de impostos precisa ser respeitado. O fundo partidário é uma ofensa a quem paga impostos.

Mas ofensa ainda maior é dizer que se o pagador de impostos não pode ser explorado (e forçado a pagar uma campanha eleitoral que ele não deseja pagar), eles vão pegar grana ilegal de empresários.

Quanto mais Lula fala, mais se suja. É a vergonha maior desta nação.

Anúncios

Deixe uma resposta