Prisão de opositores dá uma mostra do “diálogo” que Maduro queria abrir com a Constituinte

0
191

Como se sabe, a ditadura de Nicolas Maduro mandou prender seus opositores depois da votação pela Constituinte.

Lilian Tintori, mulher de Leopoldo López, publicou o vídeo registrando o sequestro – ocorrido pouco depois da meia-noite desta segunda (31) – de seu esposo pelas tropas de Maduro:

Já a família de Antonio Ledezma também compartilhou vídeo da prisão do outro líder da oposição a Maduro.

Ledezma foi sequestrado pela guarda bolivariana, em meio aos gritos das mulheres da família. Ele foi agredido durante o sequestro:

A principal das narrativas de Nicolas Maduro para fazer sua Constituinte era de que isso traria “paz e diálogo” à Venezuela.

Como ele é um socialista, sabemos que todas as promessas deles devem ser entendidas pelo inverso.

Por isso, não surpreende que ele tenha decidido prender os opositores após a votação da Constituinte. Quando ele falou em “diálogo”, só podíamos esperar mais repressão e violência.

Anúncios

Deixe uma resposta