Guga Noblat desce ao esgoto para atacar Ana Paula e toma surra dos leitores

7
1535

Dos ex-membros do CQC, Guga Noblat (filho do jornalista Ricardo Noblat) sempre foi um dos menos talentosos, na mesma proporção em que era um dos mais extremistas no esquerdismo.

Talvez em busca de fama, decidiu fazer um comentário no Twitter sobre a estreia de Ana Paula Henkel, do Vôlei, como colunista do Estadão.

Como todo totalitário, ele não aceita que uma pessoa de opinião divergente ganhe espaço na mídia.

Veja:

Daí os leitores não perdoaram. Alguns exemplos:

Bem, ele pediu…

Anúncios

7 COMMENTS

  1. 1) Uma pessoa civilizada e educada diria que não concorda com os comentários politicos da Ana Paula, mesmo assim desejaria boa sorte a ela no novo trabalho que conseguiu.
    Mas o Gugão Noblat não é uma pessoa civilizada, é claro.
    E o esquerdismo bolivariano agravou os preconceitos, o machismo e o autoritarismo persecutório que ele possuía.
    O humorista “fake” precisa tomar cuidado quando escreve e diz coisas, para que aqueles que ataca não riam por último.
    Segundo o corretismo político, fazer “trocadilho José Simão” com sobrenome japonês (“Kim Katacoquinho”) não é somente infantil; pode ser visto como injúria racial. E perseguir uma mulher é machismo misógino.
    2) Se enfrentasse a Wonder Woman Ana Paula no “mano a mano” (educadamente falando), o Gugão Noblat perderia todas.
    Numa partida de vôlei, numa queda de braços, num debate sobre questões políticas e num programa humorístico (com aquela cara raivosa, ele consegue fazer as pessoas rirem?).
    No quesito charme e simpatia, então, nem se fale.
    Enfim, o “loser” Gugão Noblat escolheu uma adversária de briga que jamais poderá vencer. Nem adiantará pedir a ajuda do paizão, funcionário do Império Globo.
    E em todos os locais que frequentará, o Gugão Noblat será recebido com a ovação:
    “Ana Paula! Ana Paula!”

  2. Nunca perdi tempo como esse mau caráter q vive querendo chamar minha atenção pra ganhar seguidor e robôs, mas só um alerta para a turma q o segue. Sei que é pedir demais q vcs não sejam tão idiotas, mas percebam como esse texto é feito pra enganar trouxas. O sujeito diz que eu fui atacado pelos leitores depois de twitter, mas esquece de dizer que foi pelos leitores de um doentinho chucro igual a ele, e não no meu twitter q só tinha gente concordando. Uma distorçãozinha básica pra mentir mais um pouco. É a mesma coisa que pegar as opiniões dos leitores desse mongo chamado Luciano e dizer q fui atacado no twitter pelo meu post. É com esse tipo de manipulação q se forma um exército de idiotas. abraço aos haters que me dão tanta publicidade e seguidor de graça, bjs

    • Seus leitores são tão insignificantes quanto vc. Só reconheci seu sobrenome por causa de seu pai, já o seu nome nunca havia ouvido falar, o que deve acontecer com 99,99% dos brasileiros e esses 99,99% conhecem e sabem quem é Ana Paula, isso é que dói em vc, ser um completo desconhecido e não estar na mídia, aí tenta da pior forma possível chamar a atenção. Enfim, reconhecimento é pra quem pode, não pra quem quer. Ah, outra coisa, aprenda a escrever, tem lugares certos pra pontuar e pontuação faz parte do nosso idioma.

    • “Direitos Humanos na Inglaterra? Pois bem vou explicar: Se vc for um brasileiro trabalhador (q nunca participou d nenhuma organização criminosa ou terrorista) e, tiver o azar d ser confundido c/ um terrorista dentro d um metrô lotado, vc vair ser morto a queima roupa, na frente d todo mundo, desarmado, s/ direito a defesa e depois irão inocentar os políciais britânicos c/ a alegação q ñ foram encontradas provas. Tenho pena da família do Jean Charles. Agora vem est jornalistazeco comunista britânico, d uma ilhazinha q enriqueceu colonizando todo mundo cuidar da vida do Brasil. Faz o seguint josnalistazeco Inglês, vai ver se eu ñ estou na esquina, e de preferência em uma esquina d Fukushima no Japão (Part capitalista do mundo). Agora se vcs ñ me encontrarem lá, c/ certeza irão me encontrar em Chernobyl (part comunista do mundo). E+, se aq no Brasil um trabalhador eh morto por bala perdida d um traficant em disputa por território, todo mundo fica quieto. Agora se um traficant armado ateh os dentes, eh morto por policiais em confronto, daí se queima ônibus impedindo dos trabalhadores irem trabalhar e, toda a mídia, junto c/ os Direitos Humanos Viva Rio, fazem um baita sensacionalismo BARATA. O Rio d Janeiro merece estar onde está e, vai ser cada vez pior. Luciano Lamb – Canoas/RS: Endividado, quebrado, falido e ferrado pelas próximas 20 gerações pagando juros, e o Brasil pelas próximas 15 em média.

  3. Kkkkkkkk adoro ver esquerdopatas se debatendo feito minhocas no asfalto quente.

    Este menino, coitado, é o reflexo de uma educação deturpado pela esquerdopatia que quis tomar conta do Brasil. Porém, o saldo disso será 80% preso, nome sujo, afastados por, no mínimo oito anos do cenário político, tornozeleiras e os outros 20% correndo atrás de uma vaguinha como assessor de alguém sem muita importância num município nos confins do nada, justamente para não estarem nas manchetes policiais. Esta será a história “dos bastiões da democracia” defensores de Maduro.

    O papai deste menino precisa tomar cuidado, pois este jovenzinho poderá vir a se suicidar quando a esquerdopatia estiver enterrada. Eu se fosse o papis deste moleque, daria um jeito urgente de encaminhá-lo a um psiquiatra. Vai que ainda dá tempo de salvá-lo.

  4. CQC foi um dos melhores Jornais vistos até hoje ( minha opinião), n tinha lado Político ( n mostrava) e mostrava muito podre de Norte a Sul deste país, até que tudo mudou;
    Entrou uma leva de “repórteres” que mais pareciam estagiários da CUT, só matérias mímimi, fúteis, inúteis, esquerdistas, com apresentadores que mal sabiam abrir a boca p contar até 10, dava nojo de assistir, esse ae então, pqp!!! Uma criança faria 1000 x melhor.
    Se mostrou que o Comunismo n dá certo nem numa programação de TV aberta, foi o fim do CQC.

Deixe uma resposta