Será que sobrou bambu para uma flechinha de Janot contra Gleisi?

0
372

Conforme o site O Anestesista, “a Polícia Federal concluiu hoje o inquérito que apurava pagamento de R$ 1 milhão pela Odebrecht à senadora Gleisi Hoffmann”.

A matéria lembra o que diz a PF: “Há elementos suficientes para apontar a materialidade e autoria dos crimes de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro praticados pela senadora, seu então chefe de gabinete, Leones Dall Agnol e seu marido, Paulo Bernardo, além dos intermediários Bruno Martins Gonçalves e Oliveiros Domingos Marques Neto”.

O Anestesista também lembra que os repasses para a “Coxa” – Gleisi – somaram 4,5 milhões de reais.

Isso coloca o PGR Rodrigo Janot em saia justa, pois há um mês ele disse que “enquanto tiver bambu, vai ter flecha”, ou seja, que seus trabalhos continuariam mesmo no fim de mandato, que vai até meados de setembro.

Se assim é, se torna inadmissível que não tenha bambu para ao menos uma flechinha contra Gleisi. Se Janot requisitou três vezes a prisão de Aécio, não tem motivos para deixar de pedir a prisão de Gleisi.

Claro que ninguém espera que Janot tome a decisão de prender Gleisi, mas essa é a pressão que deve ser lançada sobre sua cabeça deste já.

Caso contrário, a matéria da Istoé deste fim semana, apontando Janot como “o procurador-geral do PT” fica mais válida a cada dia que passa.

Em tempo: não tenho bandido de estimação. Se Janot quiser mandar mais flexas na direção de Aécio, ótimo (e olhe que votei nele em 2014). Mas não podemos admitir que não sobre nenhuma flexa para Gleisi.

Anúncios

Deixe uma resposta