Petistas jogam ovo em João Doria e o tiro sai pela culatra, pois ele se fortalece como “anti-Lula”

0
130

É um fato que as milícias petistas estão de comportamento cada vez mais de modo antissocial. São criaturas alheias à civilização.

Agora temos um episódio ocorrido em Salvador, cidade visitada por João Doria nesta segunda (07), data na qual ele foi receber da Câmara Municipal o título de cidadão soteropolitano. Um vídeo mostra o prefeito sendo atingido por um ovo.

Bem, pelo menos ainda não estamos no estágio venezuelano, pois na republiqueta de Maduro eles não atiram ovos em opositores, mas balas. Já mataram mais de uma centena com esse método.

Logo após a agressão, Doria gravou um vídeo em resposta, na qual apontou o dedo para as milícias de Lula e lembrou que os milicianos deveriam atirar ovos na Venezuela. Excelente reação. Politicamente, Doria saiu por cima diante da adversidade.

 

Ao lembrar que a turba de fanáticos que o agrediu era associada a Lula, ele novamente reforçou o perfil anti-Lula.

A agressão física a Doria mostra que, para o PT, Doria é o inimigo capital. Nos bastidores, se comenta que adversários preferidos para o partido totalitário seriam Jair Bolsonaro (por sua alta taxa de rejeição) e Geraldo Alckmin (por não jogar conforme as regras da guerra política).

Ontem, as milícias do PT apenas confirmaram que o anti-Lula de fato é Doria.

Anúncios

Deixe uma resposta