Lula volta a ser investigado no Mensalão após MPF desarquivar inquérito e matar narrativa anti-Moro

3
486

Lula voltou a ser investigado no Mensalão. Sim, é isso mesmo que você leu? Feito os zumbis do Walking Dead, o Mensalão volta das trevas para aterrorizar o molusco.

A Câmara de Combate à Corrupção da Procuradoria Geral da República (PGR) decidiu desarquivar uma investigação contra Lula relacionada ainda ao caso do mensalão. As informações são do Globo.

O caso envolvendo Lula trata de um pagamento de US$ 7 milhões da Portugal Telecom para o PT quitar dívidas de campanhas eleitorais. A acusação foi feita pelo empresário Marcos Valério e a PF abriu um inquérito em 2013 para apurar o episódio.

Valério acusou Lula e o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci de terem negociado o pagamento pessoalmente, dentro do Palácio do Planalto. Mais de 20 pessoas foram ouvidas pela PF no inquérito e os investigadores não encontraram indícios dos pagamentos.

A Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF) pediu o arquivamento das investigações em setembro de 2015. Só que a Câmara de Combate à Corrupção, que revisa atos como arquivamentos de inquéritos, decidiu que a investigação deveria continuar.

O detalhe é que Moro não tem absolutamente nada a ver com isso, pois não pertence ao MPF e não tem nenhuma participação como juiz do mensalão.

Ou seja, não vai dar para o molusco inventar a desculpinha de que está sendo “perseguido por Moro”.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Distintos amigos; A aludida “Câmara de Combate à Corrupção da Procuradoria Geral da República,tecnicamente,pode apenas oferecer à Autoridade Policial competente novos elementos de prova,e essa avaliar se é caso ou não de se retornar as investigações policiais ou não,nesses casos quem decide pelo prosseguimento é a Autoridade Policia; ,a Procuradoria Geral da República tem suas competências e a Autoridade Policial outras atribuições conforme o Art. 18 do Código de Processo Penal :

    Art. 18. Depois de ordenado o arquivamento do inquérito pela autoridade judiciária, por falta de base para a denúncia, a autoridade policial poderá proceder a novas pesquisas, se de outras provas tiver notícia.

    Imprensa Educadora do Povo: Não confundam a “cabeça do sofrido povo”,atribuindo superpoderes aos heróis e vilões errados ,apenas lutem pelo cumprimento da Leis e da Constituição, tenham como exemplo os filmes: US.Dead-line( H.Bogart) e “Todos os Homens do Presidente” (Redford & Hofmann)
    Saudações,
    ANGELO POCI II

Deixe uma resposta