Principal argumento da extrema esquerda para dizer que “nazismo é de direita” inocentaria Fernandinho Beira Mar

7
508

Cada vez mais pessoas já descobriram que o nazismo não é apenas de esquerda, mas de extrema esquerda. Por isso, a extrema esquerda está tentando negar os fatos.

Nesse empreendimento, o site Pragmatismo Político reproduz um post do historiador Felipe Schadt, que comprovaria que “nazismo é de direita”. Como? A partir das citações do Mein Kampf.

Vamos às citações, em azul:

Citação 1: “Em um tempo em que os melhores elementos da nação morriam no front, os que ficaram em casa, entregues aos seus trabalhos, deviam ter livrado a nação dessa piolharia comunista” (p. 76)

Citação 2: “Não hesito em declarar que julgo os homens que arrastam o movimento de hoje na crise de divergências religiosas piores inimigos da pátria que qualquer comunista com tendências internacionais, pois converter o comunista é a tarefa do movimento nacional-socialista” (p. 239)

Citação 3: “Vencendo a minha relutância, tentei ler essa espécie de imprensa marxista, mas a repulsa por ela crescia cada vez mais.” (p. 30)

Citação 4: “Se o judeu, com o auxilio do seu credo marxista, conquistar as nações do mundo, a sua coroa de vitórias será a coroa mortuária da raça humana” (p. 32)

Citação 5: “Não precisamos dizer nada sobre os mentirosos jornais marxistas. Para eles o mentir é tão necessário como para os gatos o miar” (p. 107)

Citação 6: “(…) para arranjar dez cadeiras no parlamento, ligam-se com os marxistas, inimigos de todas as religiões” (p. 118)

Citação 7: “Eis a verdadeira essência da doutrina marxista, se é que se pode dar a esse aborto de um cérebro, criminoso a denominação de “doutrina”” (p. 140)

Citação 8: “O sintoma da fraqueza que representam esses 15 milhões de marxistas, democratas, pacifistas e centristas, não é somente perceptível a nós, mas muito mais ao estrangeiro, que mede o valor de uma aliança conosco por esse peso morto” (p. 146)

Citação 9: “Mais do que qualquer outro grupo, os marxistas, ludibriadores da nação, deveriam odiar um movimento cujo escopo declarado era conquistar as massas que até então tinham estado a serviço dos partidos marxistas dos judeus internacionais. Só o título “Partido dos Trabalhadores Alemães” já era capaz de irritá-los” (p. 154-155)

Quer dizer que o argumento é esse? Dizer que “não é marxista, então é de direita”?

Isto não passa do famoso truque de manipulação de categorias.

É como dizer que o morango não pode ser uma fruta, por não ser uma maçã, ou dizer que o pastel não pode ser um salgadinho, por não ser uma esfiha.

Não faz o menor sentido, e nesses casos seria tomar uma parte como o todo. É uma falácia básica que qualquer leitor de Madsen Pirie e Walter Carnielli já derrubaria de cara.

Na verdade a maçã não é a única fruta, assim como o pastel não é o único salgadinho e o marxismo não é a única forma de esquerdismo.

O truque é tão bisonho que se fosse aplicado à vida real inocentaria até mesmo o Fernandinho Beira Mar de qualquer acusação de crime.

É simples: por ser um rei do tráfico de drogas, ele teve de brigar com outros traficantes. Mas a partir do momento em que passa a brigar com outros traficantes ele não seria mais um bandido. Logo, deveria ser inocentado.

Em suma, se este é o melhor que os marxistas – tão adeptos da extrema esquerda como os nazistas e os fascistas – podem fazer, é sinal de que estão desesperados.

Anúncios

7 COMMENTS

  1. O documentário polonês “A Verdadeira História do Comunismo Soviético”, facilmente encontrado legendado em português no Youtube, prova com lógica e documentos que o nazismo é de esquerda. Mas é claro que os esquerdistas não darão a mínima, afinal a sustentação da fé deles depende de ignorar esse fato.

  2. Existem outras formas de socialismo, inclusive uma “cristâ”, temos o Juche da Coréia do norte, o Titoismo da Iugoslávia, o maoismo da China e depois o “Socialismo de Mercado”, a “Via birmanesa para o socialismo” que é de Myamar, o Bolivarianismo da venezuela etc.
    Na verdade não EXISTE apenas um socialismo, cada país faz a sua versão, assim como a Alemanha vez com o nazismo.
    E todas são de esquerda.
    Todos são coletivistas, todos são totalitários etc

  3. Pauta Nazista:
    1-Eugenia
    2-Eutanásia
    3-Aborto em qualquer situação para não-arianas
    4-Controle de Armas para inimigos políticos
    5-Estado Grande e extremamente Intervencionista
    6-Aliança com o Islã
    7-Aversão aos judeus/Israel
    8-Controle social da mídia
    9-Perseguição a certos grupos cristãos
    10-Ambientalismo radical
    11-Anti-tabagismo radical
    12-Dívida histórica
    E ainda tem quem diga que nazismo não é de Esquerda.

    “Ah, mas o nazismo matou comunistas”.
    Sim. Se for por isso Stalin foi o maior matador de comunistas da história.

    Nazismo é de Terceira Via, mas se fosse colocá-lo obrigatoriamente em algum lado seria no lado esquerdista. É só observar os pontos nazistas e compará-los com o que os partidos de esquerda praticam atualmente.
    https://ceticismopolitico.com/2012/07/15/sera-o-nazismo-de-extrema-direita-not-so-fast-junior/

    Se a New Left fosse coerente com o que prega, também consideraria a própria URSS como direitista. O PCdoB, por exemplo, foi coerente e afirmou que o PT é um partido de direita (extrema-direita, ainda por cima) por ser Corporativista.

    Nunca fez e nunca fará nenhum sentido considerar os americanos/ingleses como direita, os soviéticos como esquerda e um oponente de ambos como “extrema-direita”.
    Quem popularizou que o nazifascismo é uma ideologia de “extrema-direita” foram os soviéticos para manchar a imagem de todos os outros movimentos que não fossem da Esquerda Marxista (extrema-esquerda), até mesmo sociais-democratas eram demonizados e perseguidos pelos socialistas dessa época. E ainda hoje a maioria dos idiotas repetem isso como se fosse algo incontestável.

  4. Minha opinião é a de que nazismo não é de “esquerda”, mas é socialismo. Nem todo socialismo é marxista. Como F. Hayek falou, não vejo sentido em utilizar linhas ou planos ou ferraduras para classificações políticas.

  5. Luciano, você está a par da treta entre o Nando Moura e o casal do canal “coisas de nerd”?
    É referente ao tema “nazismo de direita ou de esquerda”.
    E ao que parece, o Nando Moura levou uma baita surra.
    Se você já sabe, o que têm a dizer sobre?
    Não seria um bom tema para escrever?

    Grande abraço!

    • Eu achei que o Nando perdeu pois entrou nos termos do inimigo. Por exemplo, citar acadêmicos que quase sempre capitularam para a extrema esquerda ou fazem parte dela.

Deixe uma resposta