O Lula que diz que Trump não deve “resolver conflitos com armas” defende o Maduro que manda matar seu povo

0
307

O que seria da gente se não fossem os socialistas lutando pela paz, não é mesmo?

Geralmente é como aquele ancião do interior que se gabava de chegar ao 90 anos sem ter nenhum inimigo. Questionado sobre como conseguiu tal proeza, ele explica: “Matei-os todos”.

Algo como Fidel Castro fez em Cuba, matando mais de 100.000 opositores.

Mesmo assim Lula disse, nesta terça (15), que Trump não deveria pensar em intervenção militar na Venezuela: “Não podemos permitir que qualquer erro que o Maduro tenha cometido ou venha a cometer seja motivo para o Trump falar em intervenção. O Trump precisa aprender que não resolvemos conflito político com armas e sim com diálogo. E se eles não sabem, que deixem a gente fazer”.

Bem, o amigo de Lula – Nicolas Maduro – já matou mais de 100 pessoas nos últimos meses na Venezuela.

Bela forma de “resolver conflitos políticos sem armas, e com diálogo” não?

É um ser repugnante.

Anúncios

Deixe uma resposta