Orwellianismo do STJ não impede que Bolsonaro possa ser eleito em 2018

0
192

Algumas instâncias jurídicas podem ter dado sequência à encenação de Maria do Rosário e superada novilíngua – definida por George Orwell em “1984” – na tentativa de criar o clima para uma onda de decisões arbitrárias visando tirá-lo da disputa para 2018.

Bem, só se forem decisões futuras visando torna-lo inelegível, pois a decisão de terça não terá esse efeito.

Segundo o Globo: “Apesar da condenação, Bolsonaro não se torna inelegível porque a Lei da Ficha Limpa não se aplica a casos como o dele. A lei prevê que ficam inelegíveis aqueles condenados, em decisão transitada em julgado ou de órgão colegiado da Justiça Eleitoral, por: corrupção eleitoral; compra de voto; doação, arrecadação ou gastos ilícitos de recursos de campanha; abuso de poder econômico ou político; e lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores, entre outros crimes”.

Fico imaginando o que tentarão inventar para as próximas tentativas. Deve ser uma transição de George Orwell básico para um orwellianismo misturado com dadaísmo.

Anúncios

Deixe uma resposta