Mídia segue promovendo violência contra a direita ao se recusar a denunciar petista que pediu morte de Sheherazade

1
333

A cada dia que passa vemos novos exemplos de promoção de violência por parte da mídia.

Para tal, uma das táticas mais eficientes que utilizam é ignorar sumariamente qualquer ato de violência contra pessoas de direita. Em suma, tudo é permitido e nada é denunciado. O objetivo disso é inserir no senso comum que as agressões contra direitistas estão “validadas”, ou seja, não serão expostas ao público em sua barbárie. A partir desse momento, as pessoas se estimulam a agredir pessoas de direita.

Um exemplo desta atitude está no absoluto silêncio da mídia diante de um ato de apologia ao crime praticado por um petista contra Rachel Sheherazade.

Veja abaixo:

Em nenhum meio de comunicação você vê esse tipo de denúncia. Mas se ela fosse de esquerda, veríamos até chamadas no Jornal Nacional denunciando a agressão.

O duplo padrão está claro e a tolerância com a violência praticada contra a direita é fácil de ser medida estatisticamente.

É monstruoso.

Anúncios

1 COMMENT

  1. JÁ ESTAMOS CANSADO DE TANTAS MISÉRIA QUE A MIDIA ATUAL NÃO DIVULGA, E QUANDO EXISTE ALGUEM DE FOGO COM CORAGEM PARA EXPOR A VERDADE NA NET[ REDE] HA QUEM QUEIRA BARAR A PUBLICAÇÃO´ JÁ ESTÁ MASI DE QUE NA HORA DE HAVER UMA GUERRA

Deixe uma resposta