Blogueiro do Brasil247 incentiva violência contra a direita ao culpar MBL por agressão à professora

2
243

A extrema esquerda está dedicada a um projeto específico: promover violência contra a direita a partir do lançamento de falsas acusações de crimes contra ela. A estratégia que começou após os protestos em Charlottesville – quando a mídia disse que a culpa era “da direita”, quando na verdade eram de dois grupos de arruaceiros que brigavam, sendo um destes grupos de extrema esquerda – já se disseminou pelo Brasil.

A tática não é muito complicada. Basicamente, o objetivo é associar a direita a tudo de ruim em uma intensidade inédita até para os padrões do discurso atual. Em seguida, usar esse tipo de demonização para promover violência contra direitistas. Em suma, o pessoal já sabe que a direita tem grandes chances de aumentar sua participação política em 2018 e decidiu promover violência contra direitistas.

O objetivo fica claro num texto de Alex Solnik ao Brasil 247, intitulado “Soco na professora mostra que MBL é o embrião da Juventude Nazista”.

Ele diz: “Não podemos ser condescendentes com o MBL nem deixar de dizer o que ele é”.

Segundo Alex, o objetivo do MBL seria “disseminar uma ideologia de extrema-direita entre a juventude desinformada do nosso país”.

Ele segue o jogo sujo dizendo que “a primeira consequência de seu proselitismo que começou em 2013 foi o soco desferido por um aluno de 15 anos, em sala de aula de uma escola pública de Indaial, Santa Catarina, na professora Marcia Friggi”.

Agora observe a historieta: “O soco aconteceu porque ela defende ideias de esquerda. O aluno reagiu como reage um extremista de direita: com violência e não com argumentos”.

Espere aí: que provas Solnik tem de que o soco aconteceu porque a professora defende ideias de extrema esquerda? Que provas ele tem que a agressão foi motivada politicamente? Que provas ele tem de que o aluno sequer é influenciado pelo MBL?

Ele simplesmente não tem essas provas. Ele tem unicamente a intenção de lançar sobre os oponentes uma falsa acusação de crime para culpar o MBL de “nazismo”. A gravidade do que esse psicopata do Brasil 247 é total: é a tentativa de provocar violência e até assassinatos de integrantes do MBL, tudo a partir da justificativa de que “são nazistas” a partir de uma historinha que ele inventou sobre a agressão à professora de extrema esquerda em uma sala de aula.

Em tempo: ele deu sequência na campanha de difamação e ódio ao dizer que o Escola sem Partido tem parte de culpa. Novamente, sem apresentar qualquer evidência.

Agora relembre esse momento vergonhoso de Solnik em um programa Roda Viva tempos atrás:

A tentativa de direita que os black blocs eram de direita pois “usavam máscaras” foi cômica e não gerou nada. Apenas piadas.

O problema é que essa nova tentativa de Solnik é planejada para gerar violência em larga escala contra direitistas, especialmente do MBL. É preciso reagir a isso, não com a violência que Solnik quer sobre seus inimigos, mas com desmascaramento e até processos.

A tática de Solnik é, no fundo, a mesma tática do nazismo e do fascismo.

Anúncios

2 COMMENTS

Deixe uma resposta