Boechat faz discurso de ódio ao tratar a direita como cidadãos de segunda classe. Isso pode gerar consequências terríveis…

22
733

Agora a guerra política foi para o tudo ou nada na questão do “Queermuseu”.

O jornalista de extrema esquerda Ricardo Boechat decidiu promover uma campanha de ódio contra todos os que protestaram contra exposição “Queer”, financiada com dinheiro público.

Veja o vídeo mostrando a narrativa assustadora de Boechat:

Em suma, ele está chamando um boicote legítimo (que nada ter a ver com censura) de… censura. Quando a extrema esquerda faz isso é por querer censurar o adversário. A história também mostra que grupos que planejam de forma sistematizada a censura de oponentes (como Boechat quer fazer, ao exigir que pessoas de direita não tenham direito de fazer boicotes e criticar uso de financiamentos públicos de cultura) sempre caminha em par com ações planejadas de violência contra o oponente. Ou seja, a extrema esquerda está com as piores intenções em mente.

Uma coisa que está sendo pouco falada e precisamos trazer ao debate é o problema principal em relação à abordagem da mídia da extrema esquerda no caso da defesa do “Queermuseu”.

Basicamente, a proposta é a seguinte: cravar na opinião pública que pessoas conservadoras de direita merecem menos direitos do que os demais cidadãos. Ou seja, assim como fizeram com os judeus na Alemanha Nazista, a extrema esquerda quer fazer uma categoria inteira de seres humanos ter menos direitos do que os demais.

Por exemplo, protestar em relação ao uso do dinheiro público (inclusive na cultura) não seria mais permitido ao direitista. Fazer um boicote contra quem não o agrade também deixaria de ser um direito.

A partir do momento em que aceitamos isso passivamente, parte da opinião pública entenderá a mensagem mais perigosa: “direitistas são cidadãos de segunda classe, que portanto merecem menos direitos”. No fundo, a ideia é fazer as pessoas entenderem que pessoas de direita nem são cidadãos. No máximo devem pagar impostos e não reclamar.

É só pensar na seguinte dinâmica das ideias. Imagine o meme dizendo “fazer boicote é um direito para a esquerda, mas não para a direita”. Considere também outro meme: “criticar como as verbas públicas são usadas na cultura é um direito da esquerda, mas não da direita”. Pense neste também: “se sentir ofendido por um conteúdo artístico é um direito para o esquerdista, mas não par ao direitista”. O que impede para surgirem memes como “ser protegido da violência física é um direito do esquerdista, mas não do direitista”? Historicamente, foi assim que os genocídios começaram.

Tendo alcançado esse passo, eles começarão, de forma planejada e sistematizada, ações de violência uma atrás da outra, podendo culminar em assassinatos de pessoas de direita. A mídia sabe promover esse tipo de campanha, pois já fez isso na época do massacre de Ruanda.

Assim, a principal luta simbólica é pelo direito de poder expressar sua opinião (especialmente em relação ao uso de verba pública) e fazer manifestações de boicote pacíficas. Isso deve ser feito antes da população aceitar que esse direito é de todos MENOS das pessoas de direita. Se a extrema esquerda vencer essa batalha de frames, prepare-se para o pior, pois eles virão com sede de sangue..

Anúncios

22 COMMENTS

  1. Seria bom fazer uma exposição de “arte” com as fotos dos filiados da CUT recebendo sua mortadela, destruindo a EMBRAPA e fumando maconha, e grafittis com jornalistas sendo enrabados por petistas, e pedir para a Folha deixar usar seu espaço cultural para tanto. Se fizesse um crowdfunding e alugássemos o espaço…huummmm…que delicia!

  2. Creio que o Senhor Boechat finalmente resolveu sair do armario mostrar o que ele defende de ideologia! creio que ele está mal informado sobre o que foi a mostra o que foi mostrado e para quem, lhe faltou conteudo nesta hora!

  3. Não se enganem com este sujeito. Não é a primeira vez que ele entra numa discussão de direitos e princípios básicos da sociedade cristã com sua fala agressiva e cheia de ódio. Lembram quando o menino de Oruru foi morto pela torcida uniformizada do corinthians? Ele defendeu os bandidos a unhas e dentes dizendo que tudo o que acontecia era um absurdo. Um laranja tomou o lugar dos bandidos e os mesmo foram soltos para depois provocarem muitos outros crimes. No fundo ele é um frustrado que gostaria de ser Global, mas vive mesmo é dando BANDeira.

  4. SÓ UMA CORREÇÃO:O POVO ALEMÃO É QUE POSSUIA CIDADANIADE SEGUNDA CLASSE,COMO OS CRISTÃOS HOJE EM TODA A EUROPA DA UE… MAS PARAQUEM NÃO CONHECE HISTÓRIA A NÃO SER CONTADA PELOS VENCEDORES,É PERDOÁVEL… QUANTO AO REFERIDO “JORNALISTA”, SÓ TENHO A DIZER QUE, COMO O BANCO SANTANDER DEVERIA SE CHAMAR STÃDER, ELE DEVERIATAMBEM DENOMINAR-SE “BOBOECHATO”,É MAIS CONDINZENTE…

  5. Que comentário funesto! Ousar chamar de arte a representação pictórica de crimes demonstra a lama fétida em que os próceres da grande mídia estão mergulhados.

  6. O Cara tenta transferir para outrem o que ele é. E mostra o quão é baixo no seu no seu espírito. E se denomina aquilo de arte tem na mente um lixo. É um sujeito abjeto e defende e chama pornografia, escarnecimento da religião de arte. Asno.

  7. A direita brasileira,assim como a esquerda,está recheada de imbecis.Só o fato de se identificar com uma dessas correntes já torna qualquer pessoa um papagaio que repete todo tipo de asneira que seus “lideres e mentores” vomitam por ai.A intolerância é marca registrada dos dois lados e os torna cegos ao que não está de acordo com a sua visão de mundo.A esquerda está cheia de malucos que pararam no tempo,mas a direita não fica atrás.Agora se arvoraram como defensores da democracia,dos bons costumes e da familia, e inimigos da corrupção e dos filhos de satan que vivem por ai pecando.O mais estranho é que não vejo esse pessoal nas ruas protestando contra Temer e sua quadrilha como faziam no tempo em que Lula,Dilma e outros pilantras saqueavam o Brasil.E quando falam algo,é só contra os politicos,esquecendo que para haver um politico corrupto,tem que haver também um empresário que participe do esquema.Bando de hipocritas que tem seus bandidos de estimação.E sobre essa mostra…vai quen quer.Quem não gostou que vá ao culto evangelico ou à missa,mas não venha encher o saco de quem esta pouco se lixando para religião e bobagens do tipo.

  8. Esse boechato é muito ridículo!! Queria ver se você Maomé ou Buda lá espoto ao ridículo ele teria esse mesmo discurso!! Vc é um babaca, nunca mais vou perder meu tempo ouvindo suas asneiras. Sou católico cristão e fiquei muito ofendido com as imagens que vi. Leva sua filha lá pra ver o negão chupando o pau de um e dando o cu o outro e fala pra ela que isso é arte.

  9. Uma vez comunista, sempre comunista. Instrumento de trabalho deles é a mentira e dissimulação.

    Boechat foi sumariamente demitido de O Globo em 2001 apanhado em escuta telefônica tramando contra seu empregador em favor do Nelson Tanure, do Jornal do Brasil.

    É conferir na revista Veja de 27/06/2001, página 42, disponível na internet.

    Qual a moral de um jornalista cuja caneta de aluguel serve a quem puder pagar?

  10. Dar o raba pra animais é arte????pinto e agressao a religiao crista é arte….??? Tire foto do teu anus e do lula e poe numa galeria em sao paulo…os esquerdeopatas estarao la apreciando…mentes sodomitas…

  11. Que decepção Boachat. Vc esta deturpando a cituacao. Ninguém está querendo sensurar nada. Mas lhe pergunto: vc levaria sua filha para ver essa exposição?

  12. boechat é um rascista, esquerdopata que associa o Kim kataguri com o do presidente norte coreano. Tenha mais respeito ao nome de origem japonesa e â comunidade japonesa.

Deixe uma resposta