Em evento do Conselho Federal de Psicologia, professora de extrema esquerda diz que capitalismo gera suicídios. Hora de fechar…

13
661

Já está na hora de acabar com o Conselho Federal de Psicologia (CFP). Aparelhada, a entidade só tem servido para atender a objetivos políticos e prejudicar os psicólogos sérios.

Vimos na semana passada a entidade querendo até proibir psicólogos de atenderem homossexuais que estivessem confusos quanto a sua sexualidade. Claro que não se preocuparam com os homossexuais e nem com os psicólogos, mas apenas com a narrativa.

Como mostra o ILISP, agora vemos uma argumentação bizarra da professora Vanessa Eletherio – Doutoranda em Psicologia pela Universidade Federal do Pernambuco (UFPE) e Professora de Psicologia do Centro Universitário Estácio em Recife – em um evento do CPF ocorrido na última quinta-feira na (21) na sede do próprio CFP em Brasília.

Ela criou uma narrativa para dizer que o “sistema sócio, econômico e político capitalista (…) que nós vivemos tem se intensificado de tal forma que potencializa o processo suicida”. Ela também diz que “potência do sistema capitalista que também contribui fortemente pro processo suicida”.

Isso não é fake news. Assista:

O site ILISP chegou as alegações da espertalhona.

Ao cruzar os dados da Organização Mundial de Saúde sobre suicídios com o ranking de liberdade econômica da Heritage, é possível verificar que oito entre os dez países com maior taxa de suicídios por cada 100 mil habitantes no mundo estão entre os menos capitalistas, com dois países com maior liberdade econômica – Lituânia e Coreia do Sul – aparecendo somente na oitava e na décima posição no ranking:

Ou seja, o CFP também serve para divulgar “fake news” até sobre taxas de suicídio em prol de uma agenda política.

Melhor fechar a entidade e permitir que diversas organizações de certificação privadas tomem o lugar.

Anúncios

13 COMMENTS

  1. É, esse levantamento cheira a algo fabricado, ou ao menos mal elaborado. Se as pessoas conhecessem a República da Coréia (ou “Coréia do Sul”), conheceriam a cultura do “lose face” e saberiam por que há tanto suicídio lá, inclusive entre crianças e adolescentes. Não tem nada a ver com Capitalismo. Estatística às vezes pode acabar sendo uma forma meio simplista (ou até simplória) de comparar coisas onde não existe o menor parâmetro para compará-las.

  2. O nome que eu dou para quem não produz e não consome é VAGABUNDO. Por coincidência é o que mais existe no sistema SOCIALISTA, vide sindicalistas, com uma diferença, eles consomem e muito com o esforço do dinheiro alheio. Vá se catar esquizofrênica.

  3. Índices de liberdade econômica são puro propagandismo idiota que não serve para medir nada, no máximo o grau de desenvolvimento de um país. Guiné equatorial, por exemplo, é um país de suma importância para o sistema capitalista mundial, pois produz petróleo barato e serve como reservatório de mão de obra barata, tudo i isso com o custo da pobreza extrema da população num país com um dos maiores PIB da África. O mesmo pode-se dizer de Angola. Já o sri Lanka serve para que sejam produzidos produtos com mão de obra baratissima (escrava) para que o padrão de consumo capitalista possa prosperar nos países centrais. O dia em que houver de fato “liberdade econômica” em Angola, Guiné equatorial e Sri Lanka, por exemplo, o capitalismo deixa de existir.

  4. Sei lá, acho que o povo viajou aí. Por conta de uma fala querer acabar com um conselho e uma política inteira é estranho. Acabarão todos os conselhos? Ou é só censura mesmo ao de psicologia? Onde que organizações privadas substituem um conselho? É na diferença de opinião que o debate enriquece, vamos permitir a fala, mesmo que não concorde. Liberdade de expressão, né?

  5. Cara, eu tenho uma amiga formada em psicologia nessas faculdades no mato criadas pelo PT, e vou te falar: a mina é doida de pedra, deveria estar em tratamento, mas ao invés disso está trabalhando para o estado “tratando” presidiários e o que ela chama de ex-loucos seja lá o que é isso. Estão dando muito poder de influência pra pessoas completamente despreparadas para serem Psicólogos, tem muito adolescente por aí fazendo tratamentos de onde saem completamente perturbados. Tem que rever isso.

Deixe uma resposta