Ciro Gomes diz que vai tirar almirante Othon da cadeia e queima a si próprio e o condenado

0
355

Ciro Gomes anda meio precipitado nos últimos tempos em suas narrativas de campanha para 2018. As pesquisas o posicionam lá na rabeira (com 4% a 6%) e talvez isso explique o desespero.

Agora o socialista disse que vai anistiar vice-almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, que foi condenado a 43 anos de prisão na Lava Jato.

“Se eu chegar à Presidência da República, vou mandar examinar este assunto e vou pensar em anistiá-lo, porque é o grande cérebro do programa nuclear brasileiro”, disse Ciro.

Bem, isso acaba complicando não apenas Ciro Gomes como o próprio almirante Othon.

Uma vez que Ciro condicione o “programa nuclear brasileiro” à libertação de Othon, então estaria acusando-o por tabela de manter segredos a respeito desse programa. Assim, a liberdade de Othon seria uma forma de chantagem. Mas como funcionário público, Othon não poderia guardar segredo algum, de forma que o programa nuclear deveria ser independente dele estar preso ou solto.

Ciro vai ter que explicar essa história bem direitinho.

Aliás, ele também deve explicações aos seus eleitores ao vir com uma explicação tão furada para tentar livrar um corrupto graúdo de sua pena. Para quem já disse que iria meter bala na “turma de Sérgio Moro” se fosse condenado à prisão.

 

Desse jeito, fica fácil para os adversários de Ciro desconstrui-lo.

Anúncios

Deixe uma resposta