Jornalista anti-MBL é “fascinado pelos malandros, personagens perdidos, oprimidos, amorais e violentos”

2
390

Como vimos hoje por aqui, um jornalista de extrema esquerda da Folha, Artur Rodrigues, usou técnicas de intimidação nazistas para perseguir membros do MBL que participam da vida pública e na gestão da prefeitura regional de Pinheiros.

Agora encontramos uma matéria do blog Vice – também de extrema esquerda – que fala de um livro de Rodrigues, chamado “Aqui é o Crime”.

Alguns trechos da matéria:

No livro, me conta Artur, a narrativa extrapola a notícia do assalto, “o que mais serve de combustível para esse livro é essa guerra velada entre polícia e PCC, as mortes praticadas por policiais na periferia, o revide dos bandidos”.

Como é? Ele transforma a ação polícial feita pela polícia contra os criminosos em “guerra velada entre polícia e PCC”? Eis uma equivalência moral.

Ele ainda cita primeiramente as “mortes praticadas por policiais na periferia”, com o “revide dos bandidos”. Ou seja, na ótica perversa deste monstro o crime surge de “revide” dos bandidos à polícia.

Vá dizer isso para uma pessoa que está andando na rua e é vítima de assalto ou estupro nas mãos dos bandidos.

Mais:

O autor falou que seu interesse pelo universo do crime, porém, surgiu ainda na época do ensino médio “quando bandidos pés de chinelo amedrontavam a molecada com revólveres calibre 32”.

Bandidos que apontam armas de fogo são “pé de chinelo”? Que caridade com os bandidos…

Veja outro trecho:

Fascinado pelos malandros, personagens perdidos, oprimidos, amorais e violentos, Artur diz que o seu objetivo na ficção é “fuçar o submundo, não só dos criminosos comum, mas também dos poderosos”, e ele faz isso se apoiando na linguagem das ruas. “

Fim de conversa.

Repetindo o que diz a matéria: “Artur é fascinado pelos malandros, personagens perdidos, oprimidos, amorais e violentos”.

Bem, agora é de se questionar: será que ele gostaria que os gabinetes de prefeitos liberais estivessem infestados de “malandros, personagens perdidos, oprimidos, amorais e violentos”?

Talvez ele adoraria que as prefeituras dirigidas por liberais fossem ocupadas por gente do PSOL. Ou daqueles que o PSOL mais adora defender.

Artur Rodrigues é um monstro.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Ele deve ter verdadeiras cumichões por esses malandros, personagens perdidos, oprimidos, amorais, violentos, espadaúdos, musculosos, deuses de ébano…

  2. cacoete esquerdista, pois no grupo de historia e historiografia do facebook, voce vai confirmar pela milesima vez que é exatamente assim que eles agem.

    Por exemplo, um sujeito da comunidade, estava falando que o Trump nao poderia chamar o pessoal do Breitbart para consultoria, kkkkkkkkkkkkkkkkk, fazendo um paralelo, é exatamente o fato desses jornalecos quererm o pessoal do PSOL dando consultoria para o MBL.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Acessa o grupo do facebook, historia e historiografia e se divirta com as perolas esquerdistas.

    É uma rotina atras da outra.

Deixe uma resposta