A hipócrita Fernanda Lima que defende o totalitarismo bolivariano se muda para os EUA para “viver a liberdade”

9
394

Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert e os filhos estão se mudando para a Califórnia, nos EUA.

Como era de se esperar, o público não perdoou, uma vez que a atriz defende os sistemas bolivarianos de poder.

Agora veja a explicação data pela atriz para se mudar para os EUA:

“O país dos sonhos que eu defendo é aquele em que meus filhos podem ir de metrô para escola, que podem andar sem medo pelas ruas, que podem se expressar livremente e que possam ter acesso a informação profunda e de qualidade para não falarem abobrinhas por aí, ”disse Fernanda Lima em resposta a um comentário em rede social.

Porém, tal liberdade inexiste na Venezuela, país onde o ditador esmaga sua população com o apoio de gente como Fernanda Lima.

Uma internauta escreveu: “Ué!? Para o país do Trump?? Alguém avisa a Fernanda Lima que o país dos sonhos que ela defende é na Venezuela”. O post veio acompanhado da hashtag “Viva a hipocrisia”.

Fernanda respondeu: “Abobrinha”.

Ou seja, não tem argumentos para explicar como defende o totalitarismo venezuelano e se muda para um país que se opõe ao horror criado por Maduro.

Hipocrisia sem economia.

Anúncios

9 COMMENTS

  1. Não está escrito no texto os momentos que ela defendeu o totalitarismo bolivariano ou a política na Venezuela. E sim “com o apoio de gente como Fernanda Lima”. Não seria mais correto dizer quais momentos ela defendeu? Porque se há esses momentos, fica parecendo mais uma birra pelo fato dela der de esquerda. E isso não é o ideal né?

  2. Ela que é esperta. Essa galerinha esquerdocefala não pode ver uma celebridade falando o que eles gostam que já idolatram e endeusam a pessoa. No final das contas ela ganha mais popularidade, mais fama, mais fãs e por fim isso se traduz em mais dinheiro. Nem todo mundo é burro não. Foi uma bela jogada capitalista dela. Explorou bem a massa de manobra otária de esquerdopatas. Basta lembrar que os líderes da esquerda vivem no bem bom e o povo na miséria os idolatra.

  3. Pimenta no rabo dos outros é refresco e acho que ninguém está entendeu a mudança dela, uma vez que ela não conseguiu junto com nossa esquerda
    transformar o Brasil numa Venezuela , a tarefa dela agora vai ser tentar transformar os EUA .

  4. E defende o “sexo livre” como seus amiguinhos e amiguinhas do Queermuseum e MAM. Pelo visto, também, “sexo livre” é para os outros não para sua família.

  5. A hipocrisia é mais do que HISTÓRICA!!!

    Vejamos, a ideologia salvadora que mandava “dar a outra face”, “amar os maus e os inimigos, porque amar os amigos até os maus amam”, “se roubarem o que é teu não o reclames”, “não acumular tesouros na terra” e etc., é a mesma cuja Igreja é grande proprietária de bens materiais e grandes extensões de terra, a mesma Igreja que prega o amor e o perdão estabeleceu a INQUISIÇÃO para aterrorizar qualquer suspeito de divergência, implantando a TORTURA MAIS CRUEL como MÉTODO POLITICO de combate aos divergentes.
    A perseguição e assassinato de divergentes sempre existiu dentre os bondosos cristãos e a inquisição apenas tornou OFICIAL, GENERALIZADA e OBRIGATÓRIA essa perseguição, para se impor pelo TERROR. Só assim temos tantos cristãos no mundo. Permitisse a crítica e esta funesta ideologia norteariam uns poucos lunáticos.

    A grande culpa dessa situação toda é da BELEZA MORAL do “dar a outra face”, “amar o inimigo e os maus” e etc..

    Falar mal dos outros e sobretudo JULGAR os outros é coisa feia. Bonito é perdoar e amar o inimigo.

    …Porém a mesma fonte dessa moral piegas e capitulacionista tornou obrigatória a perseguição de meros suspeitos de descrença e a TORTURA ATERRORIZANTE para tentar impedir críticas. Muitos, durante séculos, foram torturados e assassinados com REQUINTES de CRUELDADE exatamente pelos PREGADORES do AMOR e do PERDÃO …cuisp!!!

    Com esses preceitos morais TODA REAÇÃO a FACÍNORAS foi MINADA lentamente. Afinal, o objetivo de tal ideologia criada no ocaso do Império Romano, em franca oposição a sua predecessora que incentivava um povo guerreiro com objetivo de conquistar, embora num sincretismo exótico, se fez uma ideologia inversa onde incentivava um povo covarde, resignado, “sensivelzinho” e SUBMISSO. Afinal o governo precisava de um POVO MANSO e não mais guerreriro.

    O alvo do saque do governo imperial de Roma já não eram povos outros, mas o PRÓPRIO POVO romano.

    Óbvio que assim o objetivo seria de um povo minado em sua dignidade e já começou tornando o orgulho individual um pecado, a ambição de bem viver, outro pecado, a reação aos maus e aos agressores, um novo pecado; JULGAR uns aos outros com objetivo de afastar-se ou opor-se aos facínoras, mais um novo pecado.

    Assim, MINANDO MORALMENTE um povo, os senhores do PODER visavam a recomendação de Sun Tzu de minorar ao máximo as baixas de suas tropas ante o ataque ao adversário.

    ESSE VELHO POLITICAMENTE CORRETO como a NOVA MORAL que valorizava o indivíduo perante o deus, fazia crer que seria essa a moral certa para valorizar o indivíduo perante seus pares.
    Talvez essa tenha sido a primeira manifestação da ESTRATÉGIA da QUINTA COLUNA: ABATER o MORAL do ADVERSÁRIO INTERNAMENTE.

    Ora, as ideias marxistas foram um perfeito SINCRETISMO com a moral ideológica vigente. Exatamente por isso ficava dificil combater um Che Guevara que de tão moldado a moral ascética, que só no sec XX, aniquilou a Ética Estóica, chegou a ser considerado um SANTO MILAGREIRO el rincões bolivianos.

    Combater o socialismo, marxista ou não, era combater a moral cristã. Aliás o atual PAPA FRANCISMO o disse literalmente: todo cristão deve ser “comunista”.

    Vai daí que somente se combatia o tal marxismo NÃO PELA SUA DOUTRINA moral, MAS SOB a ALEGAÇÃO de que MARX era UM ATEU e que por tal a ideologia também o seria.

    Esquecendo convenientemente que TOMAS MORE, um fervoroso cristão, escreveu o SEU ideal de sociaedade dando-lhe o nome de UTOPIA. Tal livro foi uma inspiração para Marx, embora este não tenha descrito o funcionamento da sua Utopia marxista ou Ditadura do Proletariado.

    Enfim, pressinto que por seculos ainda se estará oscilando entre a TITICA e o COCÔ. Entra um e sai outro, como se antagônicos fossem.

    …mas o fato é que os métodos dos marxistas e socialistas em geral é o mesmo dos cristãos: ATACAR FEROZMENTE os CRÍTICOS e se vestir de SANTO BONZINHO PACIFISTA.

    A tão falada INQUISIÇÃO não implantou a perseguição e assassinato, até, de meros suspeitos de descrer da IDEOLOGIA SALVADORA, ela apenas introduziu a TORTURA ATERRORIZANTE para GENERALIZAR a PERSEGUIÇÃO aos INFIÉIS.
    Perseguição e matança de hereges existiu desde os primordios da instauração do cristianismo como religião oficial do governo.

    A inquisição veio EXATAMENTE para GENERALIZAR e ATERRORIZAR DISSIDENTES, impedindo qualquer vestigio de tolerância a divergentes. Simplesmente OFICIALIZOU e TORNOU OBRIGATÓRIA A PERSEGUIÇÃO, TORTURA e ANIQUILAÇÃO dos divergentes.

    O EXCESSO de DOR acabou por fazer surgir cada vez mais divergentes e para não perder TODA A FREGUESIA a Igreja teve de se curvar e retornar a seu pieguismo anterior, qdo não tinha tanto Poder sobre grandes manadas de fiéis fanatizados.

    EXATAMENTE O QUE SE DEU e SE DÁ COM a “IGREJA MARXISTA” …Dê-LHES NOVAS MANADAS de FIÉIS FANATIZADOS e novos LENIN e STALIN surgirão tal e qual novos TORQUEMADAS …o POLITICAMENTE CORRETO (reedição da moral cristã primitiva) ESTA AÍ para mostrar o FUTURO da nova IDADE das TREVAS!!!

  6. Abobrinha é o que ela sempre escreveu, desde os tempos de MTV.

    Mas é uma pena que ela nao entenda que liberdade nao combina com socialismo marxista

Deixe uma resposta