Joesley ligava para Luciano Coutinho sempre que queria mais grana. Hora de acabar com o BNDES…

0
257

Deve ser uma situação difícil para o site Anestesista (O Antagonista) ter que publicar os novos fatos relacionados a um depoimento complementar à PGR onde Joesley Batista narrou detalhadamente como obtinha empréstimos bilionários no BNDES.

Basicamente, sabemos que quando precisava de grana, Joesley ligava diretamente para Luciano Coutinho.

“Eu contatava o presidente do banco, que delegava o assunto para as áreas específicas. O meu time técnico se reunia com o time técnico do BNDES, com a minha presença na maioria das vezes, e ali se discutia como se daria a formalização das negociações com o banco.”

 

 

Isso é o suficiente para fecharmos de vez o BNDES. A mera possibilidade de que isso ocorra é uma vergonha para qualquer estado, os quais vivem da arrecadação de impostos.

É um tapa muito forte na cara povo saber agora que o BNDES era apenas um baita cofrão para Joesley.

É preciso privatizar o BNDES, ou então fechá-lo. Já deu.

Anúncios

Deixe uma resposta