Deputada Renata Bueno faz bem em expor a vergonhosa proteção brasileira ao terrorista Battisti no Parlamento Italiano

2
155

A deputada ítalo-brasileira Renata Bueno fez um pronunciamento no parlamento italiano, conforme mostra o site República de Curitiba.

Ela foi ao plenário para reforçar que “a população brasileira não quer o assassino Cesare Battisti” no Brasil.

Renata diz que desde que Roma entregou o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato às autoridades brasileiras, a Itália espera receber o terrorista Battisti para cumprir sua pena.

“Naquele momento, o meu compromisso com o governo italiano foi esse: nos ajudem a levar Pizzolato para o Brasil que eu assumo essa responsabilidade de tratar de novo a extradição de Battisti. Foi um esforço imenso e conseguimos”.

Agora é preciso pressionar e envergonhar o STF mundial até que eles derrubem no dia 24 a liminar dada pelo ministro Luis Fux, que foi nomeado pela ex-presidente Dilma, que também tem passado de terrorismo.

A questão de Battisti pelo Brasil já deveria ser resolvida com a exposição de seus protetores ao mundo, de forma que eles sejam envergonhados.

Envergonhar o Brasil perante o mundo até o momento em que Battisti for extraditado deve ser a solução ideal.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Não podemos esquecer que a maioria dos ministros que estão hoje no STF, foram colocados lá pelos governos comunistas corruptos do PT. Com a única finalidade de servir de capacho para os mesmos.

Deixe uma resposta