A extrema esquerda “amorosa” força o jogador Roger a fechar conta do Instagram após foto com Bolsonaro

1
260

Uma matéria do UOL lembra que “após receber a boa notícia de que o tumor renal retirado em cirurgia na semana passada é benigno, Roger mostrou interesse em entrar para a política para ajudar pessoas que sofrem com câncer. No dia seguinte à coletiva, postou uma foto antiga que tinha ao lado de Jair Bolsonaro, que deverá ser candidato à presidência nas próximas eleições”.

“Foi muito bom passar algumas horas com você, meu futuro presidente. Tô contigo sempre! Deus te abençoe com muita sabedoria para governar essa nação”, escreveu o jogador na postagem.

Mas isso foi o suficiente para que a turba histérica da extrema esquerda atacassem o atacante com ofensas e violência psicológica. Isso fez o jogador apagar o perfil na rede social.

A assessoria do jogador confirmouque a atitude do jogador está diretamente ligada à perseguição recebida por internautas revoltados com a foto ao lado de Jair Bolsonaro.

A esposa de Roger, Elisabeth, diz: “Hoje a gente não pode ter opinião, é criticado por qualquer coisa, não pode ter liberdade. A gente respeita a opinião das pessoas, mas as pessoas não nos respeitam. As pessoas acham que têm direito de fazer isso”.

Enquanto o jogador segue se recuperando da cirurgia da retirada do tumor renal e tem a expectativa de voltar aos treinamentos em um mês, teve jornalista que chegou a fazer piada com a doença e até a atacar a filha do jogador, que é deficiente visual.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta